Dicas de Roteiro

03/05/2012

1, 2, 7, 14

Filed under: Roteiro — valeriaolivetti @ 08:00
Tags: , ,

Oi, galera! Me perdoem pelo sumiço. Hoje, eu volto com esse texto bacana do nosso querido Scott Myers, e tirado do site dele, Go Into The Story (GITS):

number-1-candle 2 number7 14

Eu sou um cara mais de palavras do que de matemática, mas essa ideia numérica que eu propus em 2011 é uma das coisas mais populares que já postei no GITS. É uma fórmula simples para fazer três coisas – Leia roteiros. Assista Filmes. Escreva Páginas. – que você precisa fazer para ampliar e aprofundar a sua compreensão do ofício de escrever roteiros.

4 números para você lembrar:

1, 2, 7, 14.

1: Leia 1 roteiro por semana.

Escolha seus filmes favoritos. Ou faça um estudo de gênero de vários roteiros em sequência, de um único gênero. Tente roteiros de gêneros que você particularmente não gosta, para experimentar tom e atmosfera diferentes. Mas, toda semana, leia pelo menos um roteiro de filme de longa-metragem.

2: Assista 2 filmes por semana.

Vá ao cinema e assista a um filme por puro entretenimento. Passe um tempo com uma aglomeração de gente de verdade, para lembrá-lo de seu público-alvo. Então, procure algo na Netflix ou coloque um DVD, e assista um filme a fim de estudá-lo. Observe os seus principais pontos de virada. Melhor ainda, faça uma análise cena por cena. Talvez um filme novo, um filme clássico. Mas a cada semana, assista a pelo menos 2 filmes de longa-metragem.

7: Escreva 7 páginas por semana.

Isso é uma página por dia. Você pode demorar dez minutos, pode levar uma hora, mas independentemente do tempo que levar, crie uma página por dia, de modo que a cada semana, você produza 7 páginas de roteiro.

14: Trabalhe 14 horas por semana preparando uma história.

É assim que você vai aprender a fina arte de empilhar projetos. Enquanto você está escrevendo uma história, está preparando outra. Pesquise. Faça brainstorm. Desenvolvimento do personagem. Escreva o enredo. Acorde cedo. Faça uma pausa prolongada para o almoço. Pegue algumas horas após o jantar. Fique acordado até tarde. O que for preciso, arranje duas horas por dia para preparar a história. Crie um arquivo no Word. Ou use um caderno de espiral. Coloque tudo o que você criar nesse arquivo. Você ficará espantado com quanto conteúdo você vai gerar em um mês. A maioria dos roteiristas profissionais equilibra vários projetos ao mesmo tempo. Eis como você pode começar a aprender esse conjunto de habilidades: Escrevendo um projeto, preparando outro. Duas horas por dia, de modo que a cada semana, você dedique 14 horas para a preparação.

1, 2, 7, 14.

Essas são metas simples e claras. Metas diárias, metas semanais.

Se você fizer isso, eis o que você terá feito no prazo de um ano:

Você terá lido 52 roteiros.

Você terá visto 104 filmes.

Você terá escrito 2 roteiros de longa-metragem.

Espalhe isso ao longo de 5 anos: 260 roteiros, 520 filmes, 10 roteiros originais.

Isso significa que você poderia ter lido cada um dos melhores 101 Roteiros votados pelo WGA, além de 159 mais.

Isso significa que você poderia ter visto cada um dos 250 Melhores Filmes do IMDB, além de 270 mais.

Isso significa que você poderia ter escrito o número exato de roteiros originais que Lawrence Kasdan (Corpos Ardentes, O Guarda-Costas, O Reencontro, Grand Canyon) escreveu antes de ter vendido o seu primeiro.

Tudo definindo estas metas simples: 1, 2, 7, 14.

scripts2

Boa escrita e (leitura!) pra você hoje! =)

Anúncios

8 Comentários

  1. Excelente dica!
    Comecei e minha mente se abriu de tal forma que me impressionou. Em tão pouco tempo!
    Muito obrigada, Valéria e Scott Myers!
    Abraço e inspiração a ambos.

    Comentário por Claudia Rivera — 03/05/2012 @ 21:39

    • Oi, Claudia! =)

      Puxa, que legal! Fico muito feliz que já tenha ajudado tão rápido! Os textos do Scott são sempre ótimos (só o site dele já daria uma excelente faculdade de roteiro – ah, se eu tivesse tempo, eu traduziria tudinho!).

      Um abração, Claudia, e obrigadão pela visita e pela força! ^_^
      Valéria Olivetti

      Comentário por valeriaolivetti — 06/05/2012 @ 08:15

  2. Eu tento não pensar em números e quantidades, e sim, em escrever. Mas, qualquer dica é sempre muito válido, não é mesmo? Então, gostei bastante como SEMPRE!! 😉

    Bjs!!

    Comentário por complexxos — 04/05/2012 @ 14:56

    • Oi, Marcia! =)

      Que bom que você gostou! Dizem que o sucesso na escrita vem de: escrever, estudar o ofício, escrever, estudar o mercado, escrever, e escrever. Então você está certíssima em se concentrar na escrita, pois não adianta a gente só ficar estudando o ofício e o mercado sem o principal, não é mesmo? Esse texto é mais um incentivo, um parâmetro para as pessoas seguirem e adaptarem de acordo com suas possibilidades, é mais um tipo de empurrão para mostrar que é possível fazer isso. Um desafio saudável para nós mesmos, a fim de realizarmos nossos sonhos. Mas, se a pessoa já está seguindo bem em seu caminho, tem mais é que continuar assim, pois, como dizem: em time que está vencendo, não se mexe! Rsrs! :mrgreen:

      Beijos, Marcia, e obrigadão pela visita e pela força!
      Valéria Olivetti

      Comentário por valeriaolivetti — 06/05/2012 @ 08:23

  3. Muito interessante esta dica. Só me falta ler mais roteiros. E a última também. Me falta saber gerenciar melhor meus outros projetos.
    Abraços Valéria!!!!!!!!!!!!!!

    Comentário por Paulo Henrique — 04/05/2012 @ 15:09

    • Oi, Paulo Henrique! =)

      Fico feliz por você ter gostado da dica! Eu também tenho de ler mais roteiros. Ultimamente, nem filmes tenho assistido, por falta de tempo, mas escrever não dá para deixar de lado, nem que sejam meros 15 minutinhos por dia. Sem escrever, um escritor não vai a lugar algum, não é verdade?

      Um abração, Paulo Henrique, e obrigadão pela visita e pela força!
      Valéria Olivetti

      Comentário por valeriaolivetti — 06/05/2012 @ 08:27

  4. Talvez o melhor post que eu já li nesse maravilhoso blog. Muito obrigado. 🙂

    Comentário por Luan Erick — 08/05/2012 @ 00:20

    • Puxa, Luan, obrigada! Fico super feliz por você ter gostado tanto do post! O Scott Myers tem muitos outros textos bacanas, vou tentar traduzi-los aqui.
      Obrigadão pela força e pela visita, um abraço grande! =)
      Valéria Olivetti

      Comentário por valeriaolivetti — 08/05/2012 @ 12:27


RSS feed for comments on this post.

%d blogueiros gostam disto: