Dicas de Roteiro

07/03/2012

Explorando o Lado Sombrio: A Jornada do Anti-Herói

Filed under: Roteiro — valeriaolivetti @ 09:40
Tags: , ,

O artigo de hoje, do site Writers Store, foi escrito pelo autor James Bonnet:

james-bonnet

Você, sem dúvida, já ouviu falar dA Jornada do Herói. Neste artigo, nós vamos explorar a jornada menos conhecida do ANTI-herói e o inexplorado lado sombrio da passagem – o lugar onde as forças das trevas vivem e planejam seus esquemas nefastos. Na vida real, é gente como Hitler, Jack, o Estripador e Saddam Hussein, que personificam estas forças das trevas. Nas histórias, são grandes vilões como Voldemort, Hannibal Lecter, Darth Vader e Satanás, que encarnam o lado sombrio.

Harrison Ford, como Indiana Jones, Jodie Foster, em O Silêncio dos Inocentes, e Sigourney Weaver, em Alien, são heróis. Suas ações são motivadas e influenciadas por uma natureza superior. Macbeth, Scarlett O’Hara, e Michael Douglas, em Wall Street, são anti-heróis. Suas ações são motivadas por uma natureza inferior, primordial.

A natureza superior liga o herói às energias criativas que procuram superar os estados negativos e alcançar os estados superiores de ser. Isso inspira-o a aproveitar o dia, a ser criativo e virtuoso, corajoso e justo. É uma fonte de grande poder, e motiva o herói a fazer sacrifícios e realizar grandes coisas.

A natureza inferior liga o anti-herói ao lado físico e animal de sua natureza. É um eu mundano, que busca as coisas terrenas. Escondidas na matriz de suas energias sedutoras estão a libido e o id – a fonte de nossos mais básicos instintos, apetites e impulsos, aqueles que controlam a fome, o sexo e a agressividade. Eles competem com a natureza superior pela influência sobre o herói e o anti-herói, e eles são os principais opositores a toda mudança positiva.

A marca dos heróis é o sacrifício pessoal. Eles personificam o lado positivo e altruísta do ego, e suas jornadas revelam o lado positivo da passagem. O modus operandi dos anti-heróis é o ato anti-social. Eles personificam o lado negativo e egoísta do ego, o lado que deu à palavra ‘ego’ um mau nome, e suas jornadas revelam o lado sombrio ou inferior do ciclo.

Vilões tornam-se anti-heróis quando a história é sobre eles; quando nós vemos o processo que eles passam para tornarem-se vilões. Essa é a única diferença. Ambos são motivados pelos mesmos impulsos mais baixos da personalidade. Darth Vader é um vilão na parte IV de Guerra Nas Estrelas, mas, sem dúvida, será o personagem central e um anti-herói na Parte III, quando ele está sendo atraído para o lado negro.

No lado positivo da passagem, o herói resiste à tentação e sobe a escada.

No lado negativo, o anti-herói cede à tentação e desce a escada.

Enquanto o herói representa aquela parte de nós que reconhece os problemas e aceita a responsabilidade, o anti-herói é o desejo de poder e a ganância insaciável, o lado materialista, faminto de poder e tirânico de nossa natureza; o lado que quer possuir tudo o que deseja, sem limites, e controlar tudo o que necessita. Na vida real, este é o Hitler, o Stalin e o Mao Tsé-Tung. Nas histórias, é o Pequeno César, o Michael Corleone, e o Commodus de Gladiador.

Os estágios do lado positivo da passagem são: separação, iniciação, integração e renascimento. As ações dos heróis em histórias como A Lista de Schindler, Armageddon, Coração Valente, O Fugitivo e Mulan ajudam a iluminar estes passos.

Os estágios do lado negativo são: fixação, regressão, alienação e morte. Os anti-heróis de histórias como "Édipo", "Fausto", Drácula, …E o Vento Levou, Cidadão Kane e, mais recentemente, Jurassic Park, Onze Homens e Um Segredo, e A Cartada Final ajudam a delinear este lado do caminho.

Histórias focadas no lado positivo focam-se no caráter do herói e giram em torno de fazer o herói entrar ou retornar para a luta. Essas histórias são sobre a transformação do caráter do herói, e mostram o herói sendo trazido de volta a um quadro heroico da mente, e retornando à luta.

Histórias focadas no lado negativo focam-se na corrupção, em vez de na reabilitação de algum anti-herói. Otelo, Macbeth, Corpos Ardentes, Atração Fatal e O Poderoso Chefão estão todos focados no lado negativo. O "Paraíso Perdido", de John Milton, é todo sobre os esforços de Satanás para corromper Adão e Eva. ‘Macbeth’, que começa no lado positivo após a batalha culminante, está focado no lado negativo e é todo sobre a corrupção e a culpa de Macbeth. ‘Otelo’ está focado no ciúme e é todo sobre a destruição do Mouro por seu servo, Iago.

O objetivo do herói é libertar uma entidade como uma família, um país ou uma galáxia da tirania e da corrupção que causaram um estado de infelicidade, e criar uma nova, unificada e restaurada. O objetivo do anti-herói é tomar posse de uma entidade e redirecioná-la em direção a objetivos que satisfaçam seus próprios desejos e necessidades, que é acumular, controlar e desfrutar de tudo o que precisa para satisfazer seus desejos insaciáveis ​​por objetos dos sentidos, segurança, riqueza e território. Em termos modernos, estamos falando de dinheiro, sexo e poder. Psicologicamente, estes são os apetites e desejos do eu inferior tomando posse do eu consciente, e redirecionando seus objetivos.

Depois do herói completar o lado positivo da passagem, ele pode, como Adão e Eva, Rei Davi ou o Robert DeNiro em Touro Indomável, ser transformado em um novo anti-herói, e ser atraído para o lado negativo. Quando isto acontece, novas forças das trevas são despertas, e o progresso do herói é invertido. E onde havia iniciação, agora existe regressão; onde havia integração, agora existe alienação; onde havia força, agora existe fraqueza; onde havia amor, agora existe luxúria; onde havia unidade, agora existe polaridade; onde havia um super-herói, agora existe um tirano; e onde a humanidade do herói estava sendo despertada, a humanidade do anti-herói está sendo desligada. Sua generosidade tornou-se ganância descontrolada; sua compaixão tornou-se ódio e aversão. Onde havia celebrações, agora existem orgias; e onde havia um paraíso, agora há um inferno.

Às vezes, os ciclos são contínuos. Na saga de ‘Guerra Nas Estrelas’, Darth Vader começa do lado positivo como um Jedi, um jovem herói alinhado com a Força, mas depois ele deserta para o Lado Negro, torna-se um anti-herói e ajuda a acarretar o estado de tirania. Mais tarde, com o alvorecer de um novo lado positivo, um novo herói, Luke Skywalker, guiado pela Força, surge para se opor a ele. Estes ciclos alternantes de mudança-de-sorte são os motores que impulsionam todo este processo.

Você pode dizer de que lado do ciclo o seu personagem principal está através de quem está iniciando a ação. No lado negativo, o mal é agressivo e o bem está na defensiva. No lado positivo, é o contrário – o bem é agressivo e o mal está na defensiva. Histórias que terminam no lado positivo, terminam felizes. Histórias que terminam no lado negativo, invariavelmente terminam tragicamente. O falecimento do anti-herói com muita frequência está ligado às suas paixões exageradas e descontroladas. A miséria que o anti-herói cria finalmente torna-se insuportável, e ele tem de ser destruído. Um novo herói, com uma visão, tem que assumir a causa e persegui-la.

Na verdade, nós temos uma grande dívida com os vilões e anti-heróis fictícios. Eles criam os problemas que os heróis têm de resolver e que cria a necessidade de uma história que revela o funcionamento interno do lado sombrio de nós mesmos. Sem Darth Vader e o Imperador do Mal, não haveria Império do Mal, e não haveria a necessidade de salvar a galáxia. Sem Hannibal Lecter e Buffalo Bill, não haveria nenhum problema para a Clarice e o FBI resolverem. E sem esses problemas, não haveria revelações concernentes à luta básica entre o bem e o mal, e nada a relatar na história. Sem as ações destas forças negativas, haveria muito poucas histórias para contar, e as forças que motivaram Hitler e Jack, o Estripador, permaneceriam eternamente um mistério para nós. Lidar com o lado sombrio da história nos ajuda a lidar com o lado sombrio de nós mesmos.

LIVRO E DVD DE JAMES BONNET:

stealing-fire-from-the-gods-james-bonnet storymaking-dvd-james-bonnet

Clique nas capas para ir ao site da loja

Uma ótima escrita pra você hoje! ^.^

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: