Dicas de Roteiro

30/01/2012

Videoclipe – Argumento de Welcome To The Jungle – Guns N’ Roses

Filed under: Roteiro,Som — valeriaolivetti @ 08:00
Tags: , ,

Voltando aos videoclipes, hoje temos a tradução do argumento do videoclipe da música dos Guns N’ Roses, Welcome To The Jungle, escrito e dirigido por Nigel Dick.

GUNS N’ ROSES – Welcome To The Jungle [Bem-vindo à Selva]
Filme do Dick nº 171

Escrito em: 10/7/1987

O GUNS N’ ROSES irá executar o número no palco do Whiskey. Nós filmaremos os close-ups da banda durante o dia e daí deixaremos entrar um público normal naquela noite, e os filmaremos durante seu show ao vivo. Eles tocarão a música talvez duas ou três vezes durante o show. Provavelmente haverá a necessidade de uma iluminação extra para o show no palco, além da que eles têm no Whiskey, mas não estamos falando de equipamentos de iluminação pesados etc. Nós gostaríamos de ter acesso a uma pequena grua.

O CONCEITO: (Para ser intercalado com a performance):

PARTE UM

Axel (o vocalista) salta de um ônibus de viagem em Hollywood, à noite. Ele acaba de chegar na cidade, completo com mala e violão. (Para ser rodado em locação no dia 2).

PARTE DOIS

Axel caminha até uma loja de televisores e olha a vitrine. (Externa noturna – dia 2).

PARTE TRÊS

POV [ponto de vista] de Axel da vitrine da loja de televisores. Há uma série de aparelhos de TV, todos mostrando variadas cenas de violência, distúrbios civis, propaganda contemporânea etc. Estes fragmentos de filmagem precisariam ser obtidos da biblioteca. Os anúncios de TV podem ser qualquer coisa dos últimos 5 anos, mas não precisam mostrar tomadas de embalagens ou nomes de produtos. Todos os televisores devem ser diferentes. Gostaria de sugerir que construamos esta vitrine num set de filmagens. (Para ser rodado em um estúdio no dia 2).

PARTE QUATRO

Axel está num quarto de um hotel decadente com uma garota. Eles estão assistindo vários aparelhos de TV. Mais uma vez, as telas estão repletas de imagens violentas. Entre essas imagens devemos incluir o Manson, o Perseguidor Noturno e outras figuras-“chave”. Gostaria de sugerir que este quarto seja construído num set de filmagens. (Para ser rodado em um estúdio no dia 2).

PARTE CINCO

Axel está agora amarrado em uma grande cadeira numa sala clínica. Ele veste uma camisa de força e tem a cabeça presa numa cinta. Ele é forçado a assistir a uma série de modernos monitores de TV de alta tecnologia. (Estes não são os monitores que vimos anteriormente). Mais uma vez, as imagens na tela são de violência. Eventualmente Axel grita, aterrorizado. Gostaria de sugerir que esta sala seja construída em um set de filmagens. (Para ser rodado em um estúdio no dia 2).

PARTE SEIS

Reprise da Parte Três. Vemos o rosto de Axel gritando em todas as telas de TV da vitrine da loja. (Atenção: Esta é a primeira vez que todas as telas de TV estão mostrando a mesma imagem simultaneamente).

PARTE SETE

Reprise da Parte Dois. Axel está de pé em frente à vitrine da loja de televisores. Ele vê a si mesmo gritando na TV, dá de ombros e se afasta.

FIM

Acho que eu não sabia como soletrar o nome de Axl corretamente – eu não conhecia a banda quando escrevi isto. O tratamento basicamente foi entregue a mim por Alan Niven pelo telefone, e eu o coloquei em ordem e digitei, que é a maneira como Alan e eu trabalhamos; eu acho que é por isso que digitei a expressão figuras-“chave” do jeito que fiz. É interessante notar a fascinação inicial de Axl por Manson, antes mesmo do lançamento do primeiro álbum.

GunsNRoses

Boa escrita pra você hoje! =)

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: