Dicas de Roteiro

26/01/2012

Descobrindo Se Um Livro Teve a Opção de Seus Direitos Comprada

Filed under: Roteiro — valeriaolivetti @ 08:01
Tags: ,

Para tirar a dúvida de um leitor, hoje e amanhã teremos textos referentes aos procedimentos relacionados à adaptação de obras literárias para o cinema/TV. Este texto é do roteirista John August, e tirado do site dele:

Book invasion_tomgauld

Qual é a melhor maneira de descobrir se um romance teve a opção de seus direitos comprada para um filme/roteiro?

-Jon Hanemann
Union City, NJ

Eu poderia jurar que já respondi essa pergunta antes. Mas em 30 segundos de procura, eu não consegui encontrar a minha resposta anterior, então é improvável que você consiga. E é tão simples, que eu poderia respondê-la novamente.

  1. Abra o livro na página do editorial/informação.
  2. Anote a editora.
  3. Ligue para 212.555.1212. Esta é a central de informações da Cidade de Nova York. [N.T.: Se você for de fato ligar para lá, não esqueça o DDD.]
  4. Peça o número de telefone daquela editora.
  5. Ligue para esse número.
  6. Pergunte por "sub-direitos, por favor."
  7. Provavelmente você ouvirá uma mensagem de voz dizendo-lhe para enviar um fax com o seu pedido. Siga as suas instruções.
  8. Em sua carta enviada por fax – ou no caso de falar com uma pessoa – explique que você está tentando rastrear os direitos para cinema e televisão DESTE GRANDE ROMANCE Deste Autor.

Você pode precisar fazer um acompanhamento da situação uma ou duas semanas mais tarde, mas você irá, eventualmente, obter informações de contato do autor, de seu agente ou advogado. Escreva, então, para eles para perguntar.

E se não for uma editora de Nova York, ou não for uma editora dos EUA, ou algum outro caso especial? Quase sempre, você pode encontrar alguém que sabe de alguma coisa. Eventualmente, você precisa chegar até o autor ou seus representantes. Eles são as únicas pessoas que realmente vão saber o status dos direitos.

====================

Boa escrita pra você!

Anúncios

Estrutura de História – Por Dan Harmon

Filed under: Roteiro — valeriaolivetti @ 08:00
Tags: , ,

Atendendo a pedidos, aqui está a fórmula de escrita que o roteirista Dan Harmon desenvolveu, baseado no monomito (também conhecido como Jornada do Herói), conforme descrito por Joseph Campbell. Este texto foi tirado do site Horrible Reasons to Read, de Jason Whetzell:

DanHarmonMar10

Um monte de pilotos vêm e vão no 101. Qualquer determinado público anseia por uma história, eles esperam uma história, e se você não a lhes der, eles se sentirão enganados e/ou insatisfeitos. Eu não sou um perito em histórias, mas gosto de seguir estes pontos importantes até nos meus segmentos "Everything", de um minuto. O texto seguinte foi escrito por Dan Harmon, e a maioria de nós acredita nisso.

8 passos

1 – Você
2 – Necessidade
3 – Ir
4 – Procurar
5 – Encontrar
6 – Pegar
7 – Retornar
8 – Mudar

1. "Você" – quem somos nós? Um esquilo? O sol? Um glóbulo vermelho? Os Estados Unidos? Até o final dos primeiros 37 segundos, nós realmente gostaríamos de saber.

2. "Necessidade" – algo está errado, o mundo está fora de equilíbrio. Esta é a razão pela qual a história vai acontecer. O "você" do (1) é um alcoólatra. Há um corpo morto no chão. Uma gangue de motoqueiros roda pela cidade. Frases de Campbell: Chamado à Aventura, Recusa do Chamado, Ajuda Sobrenatural.

3. "Ir" – Pelo (1) e o (2), o "você" estava em uma determinada situação, e agora essa situação muda. Um andarilho entra na floresta. Pearl Harbor foi bombardeada. Um chefe da máfia entra na terapia. Frase de Campbell: Travessia do Umbral. Frase de Syd Field: Ponto de Virada 1.

4. "Procurar" – adaptar, experimentar, juntar as coisas, ser analisado. Um detetive interroga suspeitos. Um cowboy reúne seu grupo. Uma cheerleader leva um nerd às compras. Frases de Campbell: Barriga da Baleia, Estrada de Provas. Frase de Christopher Vogler: Amigos, Inimigos e Aliados.

5. "Encontrar" – fosse esse o objetivo direto e consciente, ou não, a "necessidade" do (2) está cumprida. Encontramos a princesa. O suspeito dá a localização do laboratório de metanfetamina. O nerd conquista a popularidade. Frase de Campbell: Encontro com a Deusa. Frase de Syd Field: ponto central. Frase de Vogler: Aproximação da Caverna Oculta.

6. "Pegar" – A parte mais difícil (tanto para os personagens quanto para quem tenta descrevê-la). Por um lado, o preço da viagem. O tubarão come o barco. Jesus é crucificado. O bom homem velho tem um derrame. Por outro lado, um objetivo alcançado que nós nunca sequer sabíamos que tínhamos. O tubarão agora tem um tanque de oxigênio em sua boca. Jesus está morto – ah, eu entendi, a carne não importa. O bom homem velho teve um derrame, mas antes de morrer, ele queria que você ficasse com esta fivela de cinto. Agora vá ganhar aquele rodeio. Frases de Campbell: Sintonia com o Pai, Morte e Ressurreição, Apoteose. Frase de Syd Field: ponto de virada 2.

7. "Retornar" – Isso não é uma jornada se você nunca mais voltar. A perseguição de carros. O grande resgate. Voltar para casa, para a sua namorada, com uma rosa. Pular do telhado enquanto o arranha-céu explode. Frases de Campbell: Voo Mágico, Resgate de Dentro, Travessia do Limiar.

8. "Mudar" – O "você" do (1) está no comando de sua situação novamente, mas agora tornou-se alguém que muda situações. A vida nunca mais será a mesma. A Estrela da Morte foi explodida. O casal está apaixonado. O Cinto do Tempo do Dr. Bloom está pronto. Lorraine Bracco entra na selva com Sean Connery para "encontrar algumas daquelas formigas". Frases de Campbell: Senhor de Dois Mundos, Liberdade para Viver.

Fonte: Dan Harmon, no site Channel 101.

Luto pelos Mortos na Estrela da Morte

No site Channel 101, ele também explicou assim:

1. Quando você
2. tem uma necessidade,
3. você vai a algum lugar,
4. procura por isso,
5. encontra-o,
6. pega-o,
7. então retorna
8. e muda as coisas.

Esta é a versão resumida, mês que vem teremos os textos completos de Harmon sobre estrutura de histórias.

Boa escrita pra você!

%d blogueiros gostam disto: