Dicas de Roteiro

24/01/2012

Escrita = Bunda + Cadeira

Filed under: Roteiro — valeriaolivetti @ 08:00
Tags: ,

O artigo de hoje é de Jeromy Zajonc, e foi tirado do site Script Frenzy:

Jeromy_Zajonc

Oliver Stone disse: “Escrita = bunda + cadeira.” Era uma fria noite de San Francisco, em um auditório quente, abafado e excessivamente brilhante. Oliver já havia respondido a pelo menos vinte e cinco perguntas de um público ansioso e faminto de roteiro. Talvez seja por isso que ele deu uma resposta tão curta quando perguntado: “Qual é a chave para escrever, Sr. Stone?” Como a multidão daquela noite, e a julgar por alguns ombros caídos, você também pode querer um pouco mais do que essa fórmula. (Embora eu acredite que ele esteja certo).

O que se segue é um completo plágio de meus bons amigos escritores e cineastas Logan & Noah Miller. Em seu livro Either You’re In Or You’re In The Way [Ou Você Está Dentro Ou Está Atrapalhando], os irmãos Miller escreveram a história da feitura de seu filme pessoal, Touching Home. Eu pensei em destacar alguns pensamentos que eles compartilharam e, com sorte, ao fazer isso, dar a você um pouco mais do que o Sr. Stone deu durante aquela sessão de perguntas e respostas em particular.

Novamente, isso foi tirado direto dos irmãos Miller. Se houver qualquer parte de você que ache que eu inventei isso (e que tenho quaisquer pensamentos originais por conta própria), eu lhe encorajo a ler o livro inteiro. Logo você saberá que não tive nada a ver com isso, embora você vá me agradecer por apresentar-lhe o trabalho deles, e a sua escrita em breve estará em alta.

Aqui estão os “Sete pensamentos sobre o nosso primeiro passeio infernal fazendo cinema…”, de Logan & Noah Miller (isto se aplica perfeitamente a escrever um roteiro – OK, essa é a minha única ideia original neste artigo – por favor, me cite).

  1. Todo dia é a Crise dos Mísseis Cubanos: O seu mundo pode explodir.
  2. Cerque-se de pessoas grisalhas e ouça.
  3. Nunca espere por um telefonema.
  4. Permaneça implacável. Não dependa de ninguém.
  5. Existem somente soluções.
  6. Gaste o dinheiro do financiador como se fosse o seu próprio: Não seja um idiota.
  7. Ou você está dentro ou está atrapalhando.

Mais do que qualquer coisa, você quer escrever. Você quer fazer isso sem levar em conta o que escreveu no passado, e, com sorte, ficar melhor ao longo do caminho. Como eu digo para os meus alunos de escrita, os meus colegas e para a imprensa em estimadas palestras ao redor do mundo: “Permaneça implacável. Não dependa de ninguém.” Maldição, essa era uma frase daqueles irmãos Miller, de novo.

Jeromy Zajonc produziu o longa Touching Home com os irmãos Miller. Ele é o Administrador Comunitário do California Film Institute, e produtor pela Ready Set Entertainment. Ele não gosta de gatos, mas vive em paz com sua namorada e o gato dela, Gipsy.

Either You're In Or You're In The Way

Boa escrita pra você! =)

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: