Dicas de Roteiro

20/01/2012

Guia de Comédia Britânico (Parte 4) – Perguntas Mais Frequentes

Filed under: Roteiro — valeriaolivetti @ 08:00
Tags: , , ,

Continuando nossa série, aqui vai mais um texto tirado do site The British Comedy Guide. Quem responde as perguntas é Marc Blake:

marc_blake

Esta página fornece respostas para algumas das perguntas mais comuns que muitos escritores principiantes de sitcom se encontram perguntando.

As respostas foram gentilmente concedidas pelo especialista em sitcoms Marc Blake. Além de ser um importante comediante de comédia em pé, Marc é um instrutor de comédia e um consultor de sitcom. Ele escreveu o melhor livro sobre escrita de sitcom (veja nossas recomendações de livros) e conduz regularmente cursos de escrita de sitcoms. Seu site é www.marcblake.net. [N.T.: Aparentemente este site está fora do ar.]

Tem uma pergunta que não está incluída abaixo? Envie-nos um e-mail e tentaremos obter uma resposta para você. [N.T.: Lembrando que deve-se escrever em inglês.]

Como devo estruturar minha sitcom?

Um roteiro de sitcom é dividido em cenas. O propósito de uma cena é mover a ação para a frente. Cada cena deve avançar a história, contar-nos mais sobre os personagens, seus relacionamentos e suas motivações, além de que deve ser engraçada. Cada cena pode ser tão curta ou tão longa quanto você quiser que ela seja, mas a norma é algo entre meia página (uma gag visual, talvez) e 5 a 7 páginas que revirem o enredo e jogue os nossos personagens em conflito cada vez mais profundo. Cerca de 15 cenas é uma boa regra de ouro para um roteiro de meia hora. Lembre-se de que elas só podem ser cenas de interior ou exterior e que cada vez que você muda entre os dois tipos – essa é uma outra cena. Para saber mais sobre escrita de enredo, veja o meu livro… [N.T.: O livro já está esgotado, mas dá para comprar a versão Kindle (eBook).]

Eu tenho uma ideia para uma sitcom. Como eu sei que é uma boa ideia?

É muito difícil de adivinhar, sem um roteiro inteiro. The Office, em si, não nos diz nada sobre do que se trata – nem a Royle Family. Leia sobre o que é provável ou não de vender e mantenha um olho no site em relação aos projetos futuros.

Eu escrevi sobre algumas coisas que você não deve tentar no meu livro… de outro modo, desde que você tenha um pequeno elenco de personagens reconhecíveis e em conflito em um ambiente limitado, com o potencial de comédia para várias temporadas, então você está no caminho certo. Algumas sitcoms podem ser recusadas por serem engraçadas demais. Às vezes, a ideia é cara demais, às vezes, limitante demais. Algumas vezes, há algo semelhante sendo produzido. Como no Cinema, lembre-se da máxima: "Ninguém sabe nada".

Faça uma lista do que compõe uma boa sitcom e caracterize a sua ideia de acordo com ela. Então vá com tudo!

Eu estou pensando em escrever uma sitcom sobre um ****** – uma já foi exibida nos últimos dois anos com o mesmo tema. Devo evitar?

Sim. Se ela foi um sucesso, então a sua não vai acontecer. Se ela fracassou, então carregou o cheiro da derrota, até se tornar "apenas mais um projeto". Se os índices de audiência foram medianos, então os chefes de comissionamento provavelmente se sentirão da mesma maneira sobre um projeto similar.

Vocês podem me dar um feedback sobre uma primeira versão do roteiro?

Sim. Veja a página de serviço de consultoria de roteiros deste site para saber mais.

Conseguir ser comissionado é fácil?

Não, mas escreva um roteiro profissional que adira aos preceitos listados acima e você tem uma boa chance de arranjar interesse no seu trabalho. Esteja preparado para escrever vários roteiros de especulação antes daquele esquivo contrato de opção.

É fácil tornar-se um escritor de sitcom de sucesso?

Simples. É por isso que há tantos. ;-$

Quanto posso ganhar?

Cinco dígitos, chegando a seis. Sete, se você for John Sullivan, Roy Clarke ou Simon Nye.

Devo arranjar um agente ou ir freelance?

Você tem que começar como freelancer, já que nenhum agente vai se aproximar de você sem pelo menos um roteiro para mostrar o seu potencial de escrita. Os primeiros roteiros que você escrever devem agir como documentos de venda para trabalhos futuros.

Agora é um bom momento para escrever uma sitcom?

Nunca foi melhor.

Como devo formatar o meu roteiro?

Isto não é algo que possa ser rapidamente explicado – você precisa ler sobre isso em um livro. O lado direito da página está bem, já que é alinhado como no formato de roteiro de cinema. Simplesmente faça-o legível e corretamente pontuado!

Alguma dica sobre a melhor forma de me motivar?

Não procure fazer direito – procure por no papel!

Nada no mundo pode tomar o lugar da perseverança. O talento não vai; nada no mundo é mais comum do que homens com talento. A genialidade não vai; genialidade sem recompensa é quase um provérbio. A educação não vai; o mundo está cheio de párias educados. A perseverança e a determinação sozinhas são onipotentes. O slogan "continue em frente" já resolveu e sempre resolverá os problemas da raça humana.

Isso não vai se escrever sozinho!

Quantos episódios devo escrever?

Seis para uma série na Grã-Bretanha, apesar de programas como My Family ou Last of the Summer Wine terem a tradicional temporada de 13 episódios. Quando enviá-los, escreva dois episódios. O piloto (que apresenta todos os personagens) e um outro episódio.

Devo evitar palavrões, mesmo que isso signifique que será menos realista?

Geralmente sim, se você está mirando em um programa pré-divisor de águas (antes das 21h). Se você está visando a BBC3 ou o Channel 4, então um tiquinho de verossimilhança é bom. Não exagere, no entanto – há limites para o número de p****s que você pode usar. As m****s.

O que é melhor – uma história ao longo da série ou episódios individualmente independentes?

Não há uma resposta simples para essa pergunta, já que as emissoras vão e voltam sobre a questão de saber se uma narrativa em episódios vai manter os telespectadores assistindo versus ter episódios individuais (por exemplo, Men Behaving Badly, Only Fools and Horses, Os Simpsons), que podem ser jogados na programação a qualquer hora. O problema é deles, não seu. O seu problema é escrever o que você acha que se encaixa. Mantenha a sua visão.

Quão longo deve ser o meu roteiro?

Leia-o em voz alta. 30 minutos para a BBC. 24 para a ITV ou o Channel 4/Channel 5. Direções de palco incluídas.

Como posso saber se o meu roteiro vai tomar 30 minutos de tempo de tela? Nem mais, nem menos.

Apenas leia-o em voz alta, e se ele terminar aproximadamente no tempo certo, você está bem.

Devo escrever com atores em mente?

Uma questão espinhosa. E se eles não estão disponíveis? Todavia, estrelas realmente conseguem que sitcoms sejam feitas. Pesando na balança, eu diria que é melhor escrever sempre com o personagem em mente e deixar o seu produtor se preocupar com o elenco.

Devo mirar o meu roteiro para um canal de TV em particular?

Sim. Cada canal tem um objetivo diferente. A BBC1 quer comédias baseadas em ampla audiência, a fim de atrair uma enorme audiência familiar. A BBC2 era tradicionalmente a porta de entrada para novas comédias, mas essa posição foi agora para a BBC3, onde comédia inovadora e mais sombria é produzida. A BBC2 é levada pela qualidade, com sucessos cult e temporadas mais curtas.

O ITV tem lutado para encontrar um sucesso comercial desde os anos 1970 (Love thy Neighbour, On the Buses) mas eles estão lá. A superintendente de comédia declarou publicamente que quer um grande sucesso comercial, embora ela tenha re-comissionado "Shane", o que parece mitigar isso.

O Channel Four visa os grupos e interesses minoritários e, às vezes, parece transparente que eles estão fazendo uma sitcom asiática/feminina/negra/portadora de necessidades especiais. Eles compram muito dos EUA, por isso há horários vagos limitados. Você pode ser radical e ver futuro no Channel Four. Eles recebem bem isso.

O Channel Five está interessado em produzir mais comédia, mas é cedo demais para ver um padrão. O Sky também cria comédia nacional. A visualização por satélite tende a ser mais orientada para o surf e, excetuando Os Simpsons (que, ao lado do esporte, bancou o canal todo), nenhuma sitcom ainda foi "pega".

Bordões – como você me aconselha criar um?

Eles surgirão da combinação entre ator e roteiro. Às vezes você não tem consciência de que isso aconteceu até bem depois da transmissão. Perry e Croft costumavam escrever personagens com bordões simples como parte da produção de seu programa sobre gangue. Fraser, Miss Brahms e Windsor Davies me veem à mente, só Deus sabe por quê.

Escreva seu roteiro primeiro, então espere para ver.

O que os comissários estão procurando?

Situações novas, personagens sustentáveis, um roteiro engraçado. A promessa de longevidade.

Como eu sei se o meu roteiro é bom o suficiente para ser enviado?

Você não sabe. Envie-o quando você estiver feliz com ele. Nunca fique satisfeito com uma primeira versão. Se você tiver terminado o seu roteiro, enfie-o em uma gaveta por pelo menos três semanas. Quando você retornar a ele, se ele ainda for a mesma obra-prima que você deixou lá, então envie-o para o mundo. Boa sorte!

Quanto devo escrever antes de enviar o meu roteiro?

Dois roteiros de 30 minutos cada.

A quem devo enviar o meu roteiro?

Empresas produtoras listadas no Anuário do Escritor e do Artista (Writer’s & Artist’s Yearbook). Há também uma lista neste site. Esteja ciente de algumas não aceitam roteiros, então faça alguma pesquisa.

Quanto tempo as companhias produtoras levam? Não recebi resposta ainda.

Dê-lhes três meses, e então ligue ou escreva para perguntar educadamente sobre isso. Daí, faça a mesma coisa em seis meses.

How to be a sitcom writer - by Marc Blake  How not write a sitcom - by Marc Blake

Boa escrita pra você hoje!

Anúncios

2 Comentários

  1. Muito bom este blog. Trabalho com cinema e não conhecia. Parabéns.

    Comentário por mauricio oliveira — 24/01/2012 @ 01:09

    • Oi, Mauricio! Obrigadão pela força, fico muito feliz por tê-lo conosco! Um grande abraço! =)

      Comentário por valeriaolivetti — 24/01/2012 @ 10:32


RSS feed for comments on this post.

%d blogueiros gostam disto: