Dicas de Roteiro

15/01/2012

Written By – Livros de Nossa Biblioteca (1)

Filed under: Roteiro — valeriaolivetti @ 08:01
Tags: ,

Olá! Este é mais um artigo da revista (gratuita) Written By, do WGAw, edição Summer (Verão) 2011, página 10. Trata-se de pequenos excertos de livros. Os dois últimos títulos me pareceram estar com os textos trocados, então eu corrigi isso:

11-0527 Reality TV

Reality TV: An Insider’s Guide to TV’s Hottest Market [TV de Realidade: Um Guia Com Informações Privilegiadas Para o Mercado Mais Quente da TV]

De Troy DeVolld

(Editora: Michael Wiese Productions):

Não importa quanto conteúdo seja trocado de um lado a outro, cortado ou reeditado, o resultado final precisa obedecer à única regra abrangente e inegável da TV de Realidade: A integridade e a autencidade percebida da história não podem ser comprometidas… Como você evita que o público detecte quaisquer lapsos na autenticidade, uma vez que você comece a improvisar aqui e ali e a embaralhar o seu material para maximizar o conteúdo? Prestando atenção à sua continuidade e seguindo as regras da boa narrativa.

WRITING_MOVIES_FOR_FUN_AND_PROFIT - By Garant and Lennon

Writing Movies For Fun And Profit [Escrevendo Filmes Por Diversão e Lucro]

De Robert Ben Garant & Thomas Lennon

(Editora: Touchstone)

“EM POUCAS PÁGINAS, ENSINAREMOS COMO ELABORAR PERSONAGENS NUM ROTEIRO* Você pode jamais ser bom em escrever. Você pode já ser ótimo em escrever. Mas ninguém pode lhe ensinar a escrever. Este capítulo é apenas de dicas práticas. Dicas para criar bons personagens para o seu roteiro de estúdio. Dica 1: O único modo do seu filme conseguir ser feito em um estúdio é se uma ESTRELA DE CINEMA quiser interpretar o seu herói. Tenha isso em mente enquanto você escreve o seu herói. Isso significa que o seu herói precisa ser simpático, interessante (e, no final do filme, AINDA MAIS INTERESSANTE), e atraente. SIM, ATRAENTE.

*CORREÇÃO: Nós não podemos realmente ensinar como elaborar personagens. Nenhum livro pode. Como criar bons personagens? Desenvolva a sua imaginação, leia bons livros, assista bons filmes várias e várias vezes, conheça pessoas interessantes e ouça suas histórias, e conheça pessoas chatas e ouça suas histórias. Vivencie coisas! Veja o mundo! Viva! Ame! Sinta dor e alegria e perda e vitória e derrota! E, mais do que tudo – pratique pratique pratique! Escreva! Escreva! Escreva!

Script - A Writer's Guide to the Hollywood Jungle - by Susan M Marx

Script: A Writer’s Guide to the Hollywood Jungle [Roteiro: Um Guia do Escritor Para a Selva de Hollywood]

De Susan M. Marx

(Editora: The Story Company)

“Encontrar um novo escritor com brilho também pode fazer a carreira de um executivo. Eles podem não gostar do roteiro, mas se gostarem do modo como ele está escrito, vão querer fazer negócio. Todo mundo nota um escritor com uma voz distinta. Como os cantores, alguns escritores têm uma ressonância especialmente forte que mantém você voltando para mais. Isso não pode ser ensinado. A qualidade da voz é uma grande parte daquela coisa misteriosa que chamamos talento.”

Riding-the-Alligator - by Pen Densham

Riding The Alligator: Strategies for a Career in Screenplay Writing (and Not Getting Eaten) [ Montando o Jacaré: Estratégias Para Uma Carreira na Escrita de Roteiros (E Não Ser Comido)]

De Pen Densham

(Editora: Michael Wiese Productions)

“Agora, para o louco e maravilhoso mundo dos agentes. Corre o rumor de que, anos atrás, os agentes nutririam jovens talentos. Eles aceitariam um desconhecido baseados na possibilidade de que ele pudesse se transformar no próximo Shane Black ou William Goldman. Hoje em dia, os agentes simplesmente não parecem ter o tempo e a energia para fazer isto. Eles estão sob a mira da arma para fazer tanto dinheiro quanto possível e manter uma carga enorme de clientes. Tudo o que eles querem são roteiros comercialmente viáveis que possam vender imediatamente. Esse é um jogo de gratificação instantânea, não de crescimento artístico de longo prazo.”

Screenwriting in The Land of Oz - by Richard Krevolin

Screenwriting in the Land of OZ [Escrita de Roteiro na Terra de Oz]

De Richard Krevolin

(Editora: Adams Media)

“E se a reunião parecer ser um fiasco? Você sente como se tivesse fracassado em alcançar suas metas. Eis o negócio. Você provavelmente está mais sensível e tem muito mais em jogo do que os compradores. Com toda a probabilidade, eles mal perceberam; eles podem até ter gostado de você, mas deixaram de comprar por qualquer número de razões. Oz se move de modos misteriosos. É improvável que os executivos de desenvolvimento confessem que não podem comprar porque seus orçamentos se esgotaram, ou que eles estão apenas conduzindo reuniões para manterem-se informados. É improvável que eles se gabem de não terem quase nenhum poder de decisão e seus chefes não compraram a ideia quando eles a apresentaram.”

=========================

Boa escrita pra você hoje! =)

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: