Dicas de Roteiro

14/01/2012

Faculdade de Cinema É Realmente Necessária?

Filed under: Roteiro — valeriaolivetti @ 08:00
Tags: ,

O texto de hoje é do site da Writers Store e foi escrito por Skip Press:

Film_School

Pergunta: Qual é o valor/importância da faculdade de Cinema? Eu me formarei no curso técnico* em um ano e quero seguir a carreira de Cinema.

Skip Press responde: Uma coisa é aspirar a escrever filmes ou atuar neles, e outra bem diferente é saber como eles são feitos. Escritores e atores inteligentes aprendem o processo e lucram muito – basta perguntar a David Mamet e Clint Eastwood.

Hoje em dia, há mais oportunidades para entrar em Hollywood do que nunca antes, graças à revolução digital. Você pode aprender todos os princípios através de um conjunto de CDs, mas o verdadeiro segredo são os CONTATOS, e você arranjará estes em faculdades dos grandes centros urbanos, como USC, UCLA, AFI (Los Angeles) e NYU e Columbia (NY). Existem também muitos programas e workshops menos estruturados disponíveis, que lhe ajudarão a começar. O que você fez certo (eu suponho) foi NÃO se especializar em cinema e TV como técnico*, para que possa entrar na faculdade de Cinema como alguém fundamentado em um espectro mais amplo da vida. Se eu tivesse que escolher, eu diria para examinar o programa da UCLA. Se o custo não for problema, a nova faculdade digital de Robert Zemeckis na USC é de ponta. Apenas lembre-se – faça amigos que você possa manter durante a sua carreira.

*[N.T.: Os termos college e undergraduate frequentemente se referem à faculdade e ao estudante universitário, respectivamente, mas também se aplicam ao curso e ao aluno de uma espécie de curso técnico. Creio que foi a este último sentido que o autor se referiu.]

====================

Boa escrita pra você!

Anúncios

2 Comentários

  1. Olá!Gostaria de pedir sua ajuda.É por que eu estou escrevendo um livro,quero que ele tenha duzentas e duzentas e cinquenta páginas,por aí,então,meu pai e pessoas da net me disseram que tenho que escrever o dobro,já estou na página duzentos e oitenta e escrevo no Word.Então,tenho que escrever o dobro?

    Beijos!

    Comentário por Júlia — 15/01/2012 @ 03:21

    • Oi, Júlia!

      Desculpe, mas, como a minha especialidade é roteiros, não sei te dizer se isso é verdade ou não. Eu desconheço essa formatação específica para livros, mas, como leitora voraz deles, eu sei de uma coisa: existem livros soberbos de menos de 100 páginas, e livros terríveis com mais de 500. O sucesso de sua obra não vai depender do número de páginas, mas da qualidade da história. Se você já conseguiu contar a melhor história que pôde em 280 páginas, por que vai encher linguiça por mais 280 só para preencher um número de páginas que você definiu aleatoriamente? A não ser que você esteja escrevendo sob encomenda e seu empregador tenha pedido este número exato de páginas. Mesmo assim corre o risco de desagradar por falta de conteúdo. Mas, se você tiver ideias de sobra para preencher estas páginas, encha mais do que o dobro, escreva o máximo que puder.

      Já aconteceu comigo de, ao escrever um roteiro, achando que tinha material para quase 100 páginas, descobrir que mal chegavam a 30!! Neste caso, eu tive que voltar e escrever o argumento do zero, e pensar em mais personagens, mais reviravoltas, mais cenas, mais tudo. Até juntei duas histórias que estavam curtinhas assim em uma só; aí deu certo, o roteiro ficou do tamanho certo, e a história, ótima, surpreendente!

      Ah, e uma coisa que pode ajudá-la a aumentar o número de páginas, sem nem precisar escrever nenhuma palavra a mais: ponha espaço entre as pontuações (vírgulas, pontos) e a próxima palavra, é assim que deve ser a digitação correta do texto. Em duzentas e oitenta páginas, isso vai acabar aumentando um pouquinho a sua contagem, e sem escrever uma palavra, como eu disse! Rsrs! :mrgreen:

      Um abração, Júlia, e boa sorte com o seu livro! =)
      Valéria Olivetti

      Comentário por valeriaolivetti — 15/01/2012 @ 11:16


RSS feed for comments on this post.

%d blogueiros gostam disto: