Dicas de Roteiro

07/01/2012

Usando Cartas Num Roteiro

Filed under: Roteiro — valeriaolivetti @ 08:00
Tags: , ,

Este artigo é uma resposta a uma dúvida de um colega nosso. O texto foi tirado do site Scriptologist e escrito por Glenn Bossik:

Red reading a letter

Caro Scriptologist.com,

Eu estou escrevendo um roteiro e quero que um dos meus personagens leia uma carta em voz alta. Como devo formatar a carta? Devo escrevê-la como diálogo ou mostrar a carta que está sendo lida?

– Sara Allen, Delaware

Glenn Bossik, Editor-Chefe do Scriptologist.com:

O modo mais claro e mais dramático de descrever uma carta em um roteiro é mostrar um personagem lendo a carta e usar o diálogo. Por exemplo, o roteiro de Um Sonho de Liberdade revela o conteúdo de uma carta do seguinte modo:

Carta Shawshank Redemption

Como você pode ver, o diálogo do personagem está entre aspas, para mostrar que ele está usando as palavras de outra pessoa. Nós também o vemos lendo. Se um personagem fosse ler a carta para si mesmo, uma voz em off (Voice Over – V.O.) seria utilizada. Então, há mais de uma forma de descrever uma carta na tela.

Andy's Letter

Complementando o artigo, se a voz que está lendo a carta é a da pessoa que a escreveu, basta mudar o nome no cabeçalho do diálogo e tirar as aspas. Sempre lembrando de colocar (V.O.) na rubrica.

Às vezes é necessário mostrarmos a carta e o modo como ela está escrita, para dar um certo impacto visual (ela está escrita à mão ou à máquina; com letras e desenhos infantis ou letras masculinas/femininas; rabiscada e suja ou elegante e com papel timbrado?). Para isso, descreva-a em detalhes gerais na parte de ação do roteiro.

Alguns roteiristas preferem escrever, também na parte de ação:

carta

Ou ainda,

Carta2

a fim de que o diretor apenas mostre a carta na tela e deixe o espectador lê-la, mas isso não costuma ser recomendado, já que muitas vezes o espectador não a lê, esperando que a carta seja lida para ele, de forma que a informação pode acabar se perdendo para ele.

Mais uma opção, também na parte de ação:

Carta3

O itálico é opcional.

Como pode-se ver, em roteiro nada é definitivo. Escreva do modo que achar mais interessante para comunicar ao leitor o que você está imaginando.

E uma ótima escrita pra você! =)

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: