Dicas de Roteiro

01/10/2011

É Tudo Fácil Demais Para O Seu Protagonista?

Filed under: Roteiro — valeriaolivetti @ 08:01
Tags: , , , ,

Este texto é de autoria do professor de roteirismo da NYU, D.B. Gilles, e foi publicado no site Hollywoodlitsales:

calvinchatice

Recentemente eu li um roteiro com um enredo bastante sólido. O personagem principal queria desesperadamente ganhar um prêmio importante. O tipo de prêmio que iria catapultar significativamente a sua carreira em sua área de atuação. A apresentação foi excelente, assim como foi o desenvolvimento até o Fim do Ato Um, onde ele começou a tomar medidas sérias em relação à sua meta.

Ao longo do caminho havia um bom subenredo romântico com uma mulher que também estava competindo pelo mesmo prêmio. E havia a clássica figura do mentor para o personagem principal, que também tinha interesse em ganhar o prêmio.

Aqui está o problema: ao chegarmos ao Fim do Ato Dois não houve nenhuma surpresa. Nenhuma reviravolta. Nenhuma revelação importante. E conforme ele prosseguia tranquilamente para o Ato Três, não houve nenhuma traição por parte de ninguém. O cara só se arrastava, lidando com obstáculos menores, e no final da história ele não venceu por um par de razões previsíveis. E perdeu a garota. E ele basicamente seguiu em frente com sua vida.

O problema com o roteiro foi que todas as portas pelas quais ele tinha que passar se abriram com muita facilidade. Às vezes, ele batia e alguém abria. Algumas vezes, ele tocava a campainha duas ou três vezes e alguém abria. Às vezes, a porta estava destrancada e ele apenas entrava direto.

Se o autor tivesse tornado aquelas portas difíceis ou quase impossíveis de abrir, ele teria tido uma história muito mais atraente.

Eu já disse isso antes: não torne as coisas fáceis demais para o seu personagem principal. É simplesmente chato.

tira695

Boa escrita pra você! =D

Anúncios

2 Comentários

  1. Este comentario eh apenas para registrar q continuo lendo tudo q publicas.

    Comentário por Fabio henckel — 02/10/2011 @ 22:02

    • Oi, Fabio, quanto tempo! Como vai? =D

      Puxa, obrigada de coração pela companhia, saber disso me deixa super feliz! :mrgreen: 😀

      Obrigada pela mensagem, um beijo grande e uma ótima semana pra você! =)
      Valéria Olivetti

      Comentário por valeriaolivetti — 03/10/2011 @ 09:28


RSS feed for comments on this post.

%d blogueiros gostam disto: