Dicas de Roteiro

28/09/2011

Para Quem Você Está Escrevendo?

Filed under: Roteiro — valeriaolivetti @ 08:00
Tags: ,

O artigo de hoje é um complemento ao de ontem, e também foi escrito por David Trottier e tirado do site Keep Writing:

Roteirista

Em um artigo de uma edição anterior do meu boletim eletrônico, um outro escritor desafiou a minha noção de escrita enxuta de descrição. O exemplo de descrição enxuta que eu usei foi tirada do roteiro de especulação de Rocky. Ela dizia o seguinte:

descrição academia2

Eu gosto dela porque diz muito com poucas palavras, e um leitor é capaz de facilmente visualizá-la. Ele preferiu a versão seguinte (abaixo) porque ajudaria mais os atores, o diretor, o cenógrafo e o diretor de arte. "Afinal de contas", ele disse, "é para quem nós estamos escrevendo." Ela contém mais detalhes, apesar de não ser tão legível.

descrição academia

Um princípio fundamental está em questão aqui. A menos que você esteja sendo pago antecipadamente para escrever, você não está escrevendo para o diretor ou o cenógrafo, nem mesmo para os atores. Você está escrevendo o seu roteiro de especulação para um leitor, ou seja, um analista de história profissional, um agente ou um produtor. Todos aqueles detalhes extras poderão ser adicionados ao roteiro de filmagem.

É importante usar uma linguagem concreta e fornecer detalhes específicos, mas escolha apenas aqueles detalhes que ajudem o leitor a visualizar a ação. A essência da escrita de especulação é dizer o máximo possível com o mínimo de palavras possível.

Ao escrever a descrição, tente usar verbos específicos para descrever as ações, sem depender de advérbios, e escolha substantivos específicos, sem usar adjetivos. Estou dizendo que adjetivos e advérbios devem ser evitados?

Não, eu estou dizendo que você deve se concentrar em verbos e substantivos primeiro. Você não vai precisar usar tantos adjetivos e advérbios se usar substantivos específicos e concretos, e verbos.

Por exemplo, aqui está uma frase que contém um advérbio e um par de adjetivos: Ele está andando lentamente para o grande barco amarelo. Repare que os adjetivos e o advérbio oferecem pouca ajuda, porque o verbo e o substantivo não são específicos, em primeiro lugar.

Agora, aqui está a mesma frase, usando um verbo específico e ativo e um substantivo concreto: Ele cambaleia para o iate.

Como eu uso uma linguagem concreta e específica, não preciso de advérbio e de adjetivo, pelo menos neste caso em particular. E observe como o verbo cambaleou caracteriza o meu personagem melhor do que o verbo mais fraco caminhou. Finalmente, você vê que o verbo ativo cambaleia é mais forte do que a forma passiva está cambaleando? [N.T.: em português, um gerúndio – não confundir com voz passiva.] Linguagem específica pode ajudá-lo a trazer personagens e ação à vida.

Mesmo quando você usa substantivos concretos e verbos, ainda pode ver a necessidade de adjetivos concretos e advérbios. Na frase a seguir, eu uso um par de adjetivos para esclarecimento visual: Ela desliza para o bangalô de tijolos cor-de-rosa. Deste modo, o meu ponto verdadeiro é este: Use uma linguagem visual e concreta na sua descrição narrativa. Adjetivos e advérbios são palavras de apoio, por isso certifique-se primeiro de que os seus verbos e substantivos sejam fortes, e então procure por palavras de apoio, se você precisar delas.

O grande e saudoso Paddy Cheyvsky (Marty, Rede de Intrigas) disse uma vez: "Eu tenho duas regras. Em primeiro lugar, corte toda a sabedoria; então, elimine todos os adjetivos."

Eu não acho que ele quis dizer que de fato repassava o roteiro e omitia todos os adjetivos; eu acredito que ele estava se referindo à linguagem enxuta, concreta e específica. O "cortar toda a sabedoria" faz alusão à tendência de alguns escritores a soar enfadonho e didático, ou a exagerar seu tema, ou a escrever diálogo pretensioso e antinatural.

cartunistanumafria1

Boa escrita pra você hoje! =)

Anúncios

7 Comentários

  1. Como sempre muito Bom…=)
    Hoje cedo estava saindo de casa as preças, e vi uma noticia muito intereçante no jornal da TV, sobre um antigo estudio de cinema, Brasileiro, abandonado, mostrou o lugar e tudo, muito grande e muito bom, parece que costumava ser o melhor do brasil, la dentro encontraram até camisetas, certificados e apostilas deixadas, que parece que era um projeto que comessariam a fazer nas escolas, mas não sei o que aconteceu que fechou tudo e ficou abandonado, pena que tive que sair as presas, quando cheguei, procurei desesperadamente a noticia na internet, mas não achei, não lembro o canal que vi e nem o jornal que era, so sei que foi mais ou menos umas 6:45 da manhã, to louca por essa matéria, se alguem achar por favor avisa.
    Até logo

    Comentário por Carol Salvato — 28/09/2011 @ 08:45

    • Oi, Carol!

      Agora também fiquei curiosa! Dei uma procurada, mas não consegui encontrar esta matéria. Será que estavam falando sobre o estúdio Vera Cruz, ou o da TV Excelsior, em São Bernardo/SP? E também tem uma coisa: em que estado você mora? Isso pode ter sido veiculado em um jornal ou canal regional.

      Um abração, Carol, se lembrar onde viu, avisa a gente! 😀
      Valéria Olivetti

      Comentário por valeriaolivetti — 28/09/2011 @ 09:07

      • Oi, ainda não achei, mas sei que foi no jornal do sbt, da manhã, e so do estado de SP, vou procurar melhor.
        Abraços

        Comentário por Carol Salvato — 29/09/2011 @ 07:45

  2. Interessantíssimo como sempre, Valéria!!!

    Um verbo bem usado com certeza faz diferença no roteiro.

    E, com todo respeito, este mês você está realmente com tudo. Bateu seu recorde de postagem em um mês: 35. Dá de ver que se recuperou bem das seguidas gripes.

    Continue assim, nos brindando com belos textos postados.

    Beijos.

    Comentário por Paulo Henrique — 28/09/2011 @ 09:04

    • Oi, Paulo Henrique! =D

      Ih, você tá certo, que legal, hoje batemos o recorde! E o mês nem acabou ainda! Rs! :mrgreen:

      Graças a Deus, quero ficar longe de gripes por pelo menos mais um ano! Rsrs!

      Obrigadão pela força, Paulo, me deixa muito feliz saber que você está gostando dos textos. Tô preparando um daqueles meio gigantes para esta semana ainda. Espero que goste!

      Um beijo grande, Paulo, valeu mesmo pela visita e pelo carinho (e por notar o recorde)! :mrgreen: 😀
      Valéria Olivetti

      Comentário por valeriaolivetti — 28/09/2011 @ 09:14

  3. Oi Valéria, é muito legal seu blog. Venho diariamente aqui ver se tem coisa nova. E sempre encontro posts muito bons. Seu site é indispensável para quem quer escrever. Parabéns. Pat

    Comentário por Véia Digital — 28/09/2011 @ 21:36

    • Oi, Pat! 😀

      Puxa, obrigadão por sua companhia, fico feliz que você esteja achando os textos bons e que eles estejam ajudando de fato.

      Ah, e o seu blog é ótimo, delicioso! Você escreve textos muitos interessantes e divertidos, estou adorando lê-los! :mrgreen:

      Um beijo grande, Pat, e obrigada de coração pela força!
      Valéria Olivetti

      Comentário por valeriaolivetti — 29/09/2011 @ 09:14


RSS feed for comments on this post.

%d blogueiros gostam disto: