Dicas de Roteiro

20/09/2011

Descobrindo a Grande Ideia de Filme Para o Seu Próximo Roteiro

Filed under: Roteiro — valeriaolivetti @ 08:00
Tags: ,

Este texto é de autoria do roteirista Gordy Hoffman, tirado do site Script Nurse:

criatividade (2)

Eu sou sortudo. Não tenho problemas em criar ideias muito boas para filmes. Se eu nunca tivesse outra ideia pelo resto da minha vida, eu não faria um progresso considerável nas que já tenho. Roteiristas que lutam para produzir uma ideia tendem a ficar visivelmente irritados quando eu lhes digo isso. Eu acho que estou confortável compartilhando isso com os outros porque sei que ideias de filmes realmente não significam nada e não agradam a ninguém por si mesmas, por isso não há muito do que se gabar. Eu acho que você pode ter sorte e vender uma ideia, mas em termos do que é importante (um filme exibido na frente das pessoas), uma grande ideia é simplesmente um membro da orquestra que executa aquela criação.

Eu não sei ao certo de onde todas as ideias surgem, mas eu posso lhe dizer onde eu estava, e ao lhe dizer isto, talvez isso irá ajudá-lo a criar a sua ideia. Primeiro, você deve saber o que você quer escrever. Um longa? Para os estúdios? Para você mesmo dirigir? Talvez um roteiro de baixo orçamento para uma outra pessoa dirigir. Ele será rodado em película ou vídeo digital? Você está procurando uma ideia para um curta-metragem? Talvez você tenha um gênero específico em mente.

Parâmetros são excelentes ferramentas para a criatividade. A ironia é que a restrição gera ideias maravilhosamente imaginativas. Se você puder escrever sobre qualquer coisa ou qualquer pessoa, sem absolutamente nenhuma pré-condição, torna-se mais difícil determinar e encontrar o tesouro de uma ideia. Deste modo, determine as suas pré-condições, cada uma, e abrace-as, porque lá você vai encontrar a moldura da sua ideia. Em outras palavras, saber que o seu filme tem que ser filmado em vídeo digital em quatro semanas, com duas mulheres asiáticas na casa dos trinta numa loja de antiguidades vai diminuir a sua ponderação e vai concentrar o seu poder imaginativo.

É necessário ter parâmetros antes de criar uma ideia? Claro que não. Você sempre pode encontrar uma ideia muito especial e essa ideia irá determinar as suas próprias fronteiras. Mas se você tem necessidades para o seu roteiro, determine essas necessidades, e isso vai ajudar.

Então, depois de ter determinado as pré-condições do seu roteiro, ou se você não o fez, agora você pode criar a sua ideia. Qual é um bom lugar para começar? O jornal. Leia um jornal grosso. Leia todas as seções. Leia os obituários. Este é o nosso mundo. Artistas olham o mundo e se animam para se expressarem . Eu leio o jornal de qualquer jeito, mas muitas vezes eu encontro alguma coisa, mesmo uma frase, que é altamente inspiradora. Ao dar uma olhada no jornal com um novo ponto de vista, nos tornamos novamente abertos ao que nos afeta. Também descubro que o jornal confirma instintos que eu posso já ter sobre uma ideia.

E certifique-se de ler a seção que você normalmente nunca lê no café da manhã. Confie em mim.

Ok, você está lendo o jornal, e pode achar algo interessante. Documentários também podem ser grandes reservatórios de inspiração. Incríveis documentários abundam nestes dias e eles frequentemente contêm imagens, fatos e revelações que podem originar uma ideia do nada. Agora, não saia correndo e alugue 20 documentários para tocar em seu DVD esperando que a logline saia da tela e lhe bata na cabeça. Basta assista o que é interessante e esqueça do que você precisa.

Ande por onde você normalmente dirige. Pegue o trem para o trabalho, se você não o faz. Entre em um ônibus público, ou vá alugar um carro e dirigir. Passe o dia no aeroporto. Pegue um caminho diferente para o trabalho a cada dia, por uma semana. Faça uma lista de dez lojas que você não visitaria de jeito nenhum, por nenhuma razão deste mundo, vá a todas as dez e dê rode por 20 minutos em cada. Estas rupturas em seu ambiente vão abrir os seus olhos. Você será capaz de tirar mais do seu mundo, e isso irá afetá-lo e fazer você pensar.

Nós ficamos sem ideias porque estamos entediados com o que vemos. Você está desligado. Você não precisa pegar um avião ou visitar um país estrangeiro para limpar a sua cabeça e lhe ajudar a se concentrar. O seu planeta distante está no final da rua, andando a pé.

Outra ação inspiradora é tirar o dia para ir a uma série de vendas de garagem. As casas, os bairros, as pessoas e as coisas que elas estão tentando lhe vender definitivamente vão fazer você pensar. Há um milhão de histórias naquilo que as pessoas adquirem e mantêm como pertences em suas vidas. Tente uma venda de propriedade. Eu saí de vendas de propriedade sentindo como se eu conhecesse os hábitos pessoais e os anseios do recentemente falecido, simplesmente pelos bens que ele manteve até a sua morte. Não é difícil encontrar essas vendas, elas acontecem todos os finais de semana e bem por perto.

Dedique-se a um novo esporte. Inscreva-se em um curso de línguas. Cadastre-se em um curso da Cruz Vermelha. Eu peguei uma bola de basquete um dia e comecei a jogar depois de muitos anos, e senti como se tivesse um novo filme na minha cabeça toda vez que eu pisava na quadra. Receber educação em algo novo nos torna humildes e essa humildade nos mantém abertos a novas informações, isso nos torna criativos. Se nos sentimos como mestres, nós ficamos sem ideias. Como estudantes, nós aceitamos que há mais coisas lá fora, e essa atitude vai gerar descobertas e novas perspectivas.

Finalmente, quando eu não sei sobre o que eu deveria escrever, eu me pergunto o que está me incomodando. Se você tomar um segundo para parar e ficar quieto com o seu coração, você vai se descobrir afoito, com algo muito importante a dizer. Deixe este algo falar.

Mais uma coisa. Por favor, não escreva sobre o que você sabe, como eles sempre dizem. Deixe outra pessoa fazer isso; e você, escreva aquilo que você deseja.

========================

Boa escrita pra você hoje! =)

Anúncios

4 Comentários

  1. Genial, Valéria!!!!!

    Neste texto o autor foi muito feliz. Concordo com tudo. Bela escolha de post. Mais uma, né.

    Esse mês você tá com tudo, hein.

    Abraços.

    Comentário por Paulo Henrique — 20/09/2011 @ 10:01

  2. Excelente o post,

    acredito que ele não serve apenas para uma boa escrita, mas para continuarmos progredindo em qualquer área da nossa vida.

    Comentário por Silas Matheus — 20/09/2011 @ 10:12

  3. “Escrever o que deseja”.
    É isso que importa!

    Muito bom!!

    😉

    Comentário por Brrrrrn — 21/09/2011 @ 21:30

  4. Oi, Paulo Henrique, Silas e Brrrrrn! 😀

    Tô super feliz por vocês terem gostado. :mrgreen: É muito bom quando encontramos um texto que abre a nossa mente para novas possibilidades! E você está certo, Silas, isso pode mesmo ser aplicado em qualquer área da nossa vida, afinal, precisamos de inspiração para todas as coisas, não só para a escrita, não é mesmo? E escrever o que se deseja, como disse a Brrrrrn, é o que nos faz querer levantar da cama de manhã, senão, qual é a função de tanta ralação e perrengue? Fama, dinheiro, poder? Nada disso importa se estamos nos sentindo miseráveis. Agora, se conquistarmos o sucesso FAZENDO o que gostamos, aí é o paraíso na Terra…!!

    Ah, e estou super contente de estar conseguindo postar muitos textos este mês, Paulo! A produtividade está boa, mas você falando desse jeito me deixa encabulada! 😳 :mrgreen: 😆

    Um beijão pra todos! Valeu mesmo pela visita! :mrgreen:
    Valéria Olivetti

    Comentário por valeriaolivetti — 21/09/2011 @ 22:11


RSS feed for comments on this post.

%d blogueiros gostam disto: