Dicas de Roteiro

17/09/2011

Como Pulverizar o Bloqueio de Escritor

Filed under: Roteiro — valeriaolivetti @ 08:00
Tags: , ,

O artigo de hoje é de um dos gurus do roteirismo, David Trottier, e foi tirado do site dele, Keep Writing:

caveman_invented_writers_block

OH-OH – ACHO QUE EU INVENTEI O BLOQUEIO DE ESCRITOR!

Visões da Sua Musa

Relaxe e pare de se preocupar. E você vai passar por esse bloqueio bem rápido. Eu posso explicar.

Tem havido muita discussão, inclusive um excelente artigo de uma edição recente da Script, sobre este importante tema. Se você está preocupado com o bloqueio de escritor, a sua preocupação pode, na verdade, criar um bloqueio ou fortalecer o que você já tem. Então, o que você pode fazer?

1. Trabalhe do começo ao fim dele. As pessoas ficam bloqueadas na maioria das áreas de atuação. Eu já vi ou li sobre bloqueio de artista, bloqueio de CEO, bloqueio de terapeuta, bloqueio de place kicker [N.T.: jogador de futebol americano que chuta a bola para o gol], bloqueio de gerente de produto, e assim por diante. Reconheça que os bloqueios são uma parte normal da vida, e porque o bloqueio de escritor é perfeitamente natural, agora você pode relaxar e deixá-lo se dissolver e retornar ao solo. Apenas diga: "Oh, estou tendo um pequeno bloqueio; eu vou simplesmente trabalhar duro do começo ao fim dele."

2. Escreva livremente. Aqui é onde você se senta ao teclado e começa a digitar continuamente, sem pensar muito. Você pode escrever uma cena ou apenas coisas sem sentido. Escrita livre funciona porque a digitação contínua ocupa o pensamento crítico do lado esquerdo do cérebro, a fim de que o lado direito criativo e espontâneo possa entregar a mercadoria. Apenas se divirta, não pense; seja livre. As duas primeiras páginas provavelmente serão uma porcaria, antes de você sentir intuitivamente que algo maravilhoso está acontecendo. Como com o exercício físico, às vezes você tem que fazer alguns aquecimentos antes de entrar no fluxo da sessão.

3. Esboce o argumento. Às vezes, criar um esboço ou trabalhar numa folha de beats pode ajudá-lo a preparar-se para a escrita de fato. Assim como você projeta com o seu coração (lado direito do cérebro) e revisa com a sua cabeça (lado esquerdo do cérebro), permita-se ser um pouco extravagante com o seu esboço a princípio, antes de botar logicamente cada cena em seu lugar. Se você tiver o impulso de escrever uma cena, pare de esboçá-la e escreva-a enquanto a paixão está presente, e depois volte para o seu esboço. Em minha opinião, os lados esquerdo e direito do cérebro devem trabalhar lado a lado.

4. Pense. Pensar com afinco sobre o seu problema de escrita ativa o bombeamento criativo. Eis o que eu quero dizer. Quando o seu analítico lado esquerdo do cérebro trabalha num problema, o seu criativo lado direito do cérebro é inspirado e intui uma solução em segredo. Eventualmente, a solução irrompe na consciência, geralmente quando você está caindo no sono, tomando um banho, passeando com o cão, ou em algum outro momento descontraído. Veja bem, quando o seu lado esquerdo do cérebro está relaxado ou ocupado com algo que não exige esforço intelectual, o lado direito do cérebro pode empurrar as coisas para a consciência. De repente você está como o Arquimedes, pulando para fora da banheira e gritando: "Eureca!"

5. Alegre-se quando o bloqueio de escritor atacar. Isso porque o bloqueio de escritor é frequentemente o momento em que o seu lado esquerdo do cérebro levou já algo o mais longe que pode – você está bloqueado – e agora o seu lado criativo precisa assumir. Apenas diga: "Ah, rapaz, isso vai ser divertido!"

6. Ouça música. Especificamente, cante "Don’t Worry, Be Happy", de Bobby McFerrin, antes de começar a escrever. "Em toda vida nós temos algum problema [um bloqueio], quando você se preocupa, você o duplica. Não se preocupe. Seja feliz."

7. Eu já disse "relaxe"? Relaxe, divirta-se, e escreva. Assim como uma atitude frenética, nervosa, ou ansiosa pode criar um bloqueio, do mesmo modo, uma atitude relaxada e divertida pode dissipá-lo. Se você está com raiva de um ente querido, reconcilie-se – a paz vai, de fato, ajudar a sua escrita.

Em resumo, relaxe, escreva, e continue escrevendo.

Não se preocupe, seja feliz!

Boa escrita pra você hoje! =)

Anúncios

4 Comentários

  1. Oh! valeu. Vc ajudou muito! tenha um ótimo final de semana.

    Comentário por éder — 17/09/2011 @ 11:02

    • Olá, Éder!

      Que bom que serviu de inspiração! Um ótimo fim de semana pra você também, e obrigadão pela visita! =)

      Um grande abraço,
      Valéria Olivetti

      Comentário por valeriaolivetti — 17/09/2011 @ 12:49

  2. Estou bloqueada!
    Estou passando por um período de bloqueio, e isso me faz tanto mal. Parece que me foi tirado algo, algo me completa como ser humano que é extravasar através da escrita, das vivências dos personagens…
    Nos meus rascunhos tem muita coisa inacabada, não consigo terminar porque me falta aquela sensação de estar dentro da história assistindo ou vivenciando. Escrever por escrever, não consigo. Preciso de mais, de estar lá de corpo e alma!
    Ler o seu texto me fez compreender que além de normal todos passamos por isso.
    Estava pesquisando sobre roteiros e li sobre como vender um Roteiro para Hollywood e vim parar aqui. Parecia que me aguardava com bons conselhos.
    Não consegui comentar lá, gostaria de saber se também se pode enviar para análise como roteiro um texto formatado como conto ou livro.
    Tenho facilidade em desenvolver a história com o cenário, os personagens, os acontecimentos. No entanto quando tento escrever um roteiro não sai, fica chato e como não consigo viver, ver, sentir a mesma emoção de quando escrevo um conto ou um livro eu deixo de lado. E fico a me perguntar se a magia está no cenário, na direção e na atuação depois de pronto e não no roteiro!
    Obrigada pelo texto acima, iluminou essa tarde de sábado.

    Comentário por Anne Valentine — 17/09/2011 @ 16:03

    • Oi, Anne, seja bem-vinda! 🙂

      Bom, para Hollywood é necessário enviar histórias em forma de roteiro mesmo, mas por que você não publica um livro de contos ou de romance ao invés disso? Se você tem essa facilidade, esse talento, por que sofrer buscando uma dificuldade desnecessária? J.K. Rowling tornou-se a escritora mais rica do mundo vendendo livros. Livros estes que foram roteirizados por outros escritores, não por ela. E nosso representante literário mais bem-sucedido, o Paulo Coelho, ficou multimilionário e mundialmente famoso também vendendo livros, e não roteiros. E seus livros também estão virando filmes. Dificilmente a gente vê um roteirista de cinema entre as pessoas mais ricas e famosas do mundo, a não ser que ele também seja diretor e produtor, como o George Lucas e o Steven Spielberg. Já romancistas, tem vários… Então você deveria estar super grata por esta sua vocação para escrever livros! Siga seu talento, seu coração, que você encontrará as suas maravilhosas histórias. Elas estão todas aí, apenas esperando por você.

      Um beijo grande, Anne, e muito sucesso! =)
      Valéria Olivetti

      Comentário por valeriaolivetti — 18/09/2011 @ 07:26


RSS feed for comments on this post.

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: