Dicas de Roteiro

12/09/2011

“Dez Regras Para Escrever Ficção”: Michael Moorcock

Filed under: Roteiro — valeriaolivetti @ 08:00
Tags: ,

Estamos acabando! Esta é a antepenúltima lista de dicas desta série tirada do site do jornal britânico The Guardian:

maquinas-de-escrever-04

1. Minha primeira regra foi dada a mim por T.H. White, autor de A Espada na Pedra e de outras fantasias arturianas, e foi: Leia. Leia tudo aquilo em que você puder por as mãos. Eu sempre aconselho as pessoas que querem escrever uma fantasia ou ficção científica ou romance a pararem de ler tudo desses gêneros e começarem a ler todo o resto, de Bunyan a Byatt.

2. Encontre um autor que você admire (o meu era Conrad) e copie os seus enredos e personagens, a fim de contar a sua própria história, assim como as pessoas aprendem a desenhar e pintar, copiando os mestres.

3. Apresente os seus personagens principais e temas no primeiro terço do seu romance.

4. Se você estiver escrevendo um romance do gênero que é conduzido pelo enredo, certifique-se de que todos os seus principais temas/elementos do enredo sejam apresentados no primeiro terço, o que você pode chamar de introdução.

5. Desenvolva os seus temas e personagens no seu segundo terço, o desenvolvimento.

6. Resolva os seus temas, mistérios e assim por diante no terço final, a resolução.

7. Para um bom estudo de melodrama, o famoso "Fórmula de enredo principal, de Lester Dent", que você pode encontrar online. Foi escrito para mostrar como escrever um conto para as revistas pulp [N.T.: Revistas com papel de baixa qualidade, publicadas a partir do início da década de 1900, geralmente dedicadas a histórias de fantasia e ficção científica. Nos Estados Unidos é que as revistas pulp tiveram maior expressão.], mas pode ser adaptado com sucesso para a maioria das histórias de qualquer tamanho ou gênero.

8. Se possível, tenha alguma coisa acontecendo enquanto os seus personagens estão apresentando explicações ou filosofando. Isso ajuda a manter a tensão dramática.

9. Cenoura e vara – tenha protagonistas perseguidos (por uma obsessão ou por um vilão) e perseguindo (ideia, objeto, pessoa, mistério).

10. Ignore todas as regras apresentadas e crie as suas próprias, adequadas para aquilo que você quer dizer.

====================

Boa escrita pra você hoje! =)

Anúncios

8 Comentários

  1. “Leia tudo aquilo em que você puder por as mãos”.

    Com certeza não há melhor dica do que esta.
    Mais uma vez parabéns Valéria. Continue sempre nos brindando com excelentes textos e dicas.

    Beijos.

    Comentário por Paulo Henrique — 12/09/2011 @ 09:07

    • Obrigadão, Paulo Henrique, pela força! 😀

      Eu também adoro essa dica, a gente acaba descobrindo cada coisa bacana através da leitura! Se só lemos aquilo que gostamos ou que nos interessa, perdemos a chance de descortinar outros universos que nem suspeitávamos que existiam. Essa é uma dica de ouro, até para não escritores. Torna a nossa vida sempre mais rica!

      Um beijo grande!
      Valéria Olivetti

      Comentário por valeriaolivetti — 12/09/2011 @ 13:17

  2. Gostei das dicas Valéria,
    eu costumo também colocar em meu blog, algumas declarações de autores consagrados. Eles tem muito a nos ensinar.
    Sobre a apresentação dos personagens no primeiro terço do romance, aprendi com Syd Field no livro Roteiro e nas aulas do Doc Comparato.
    Agora estou aqui, lapidando um romance com previsão de lançamento em 2012.

    Um grande abraço.

    Comentário por Edson Gomes — 12/09/2011 @ 13:58

    • Oi, Edson, seja bem-vindo!

      Muito bacana o seu blog, tem dicas de escritores e ainda outras coisas bem interessantes! Muito legal!

      O Syd Field foi o meu primeiro “professor” com o seu livro Manual do Roteiro, ali que eu aprendi os rudimentos deste ofício. Depois vieram muitos outros, mas dos que foram editados em português, eu gostei particularmente do Story – Substância, Estrutura, Estilo do Robert McKee, e dos livros da Linda Seger, tem observações muito pertinentes neles.

      Vi que você já lançou um livro – e agora já está com previsão de lançar outro ano que vem – isso é maravilhoso!

      Parabéns, Edson, pelo seu blog e pelos seus livros, muito sucesso para ambos!

      Um grande abraço e obrigadão pela visita! =)
      Valéria Olivetti

      Comentário por valeriaolivetti — 13/09/2011 @ 09:03

  3. Pra mim só serviu a ultima dica msm.

    Comentário por Wander Shirukaya — 16/09/2011 @ 10:17

    • Oi, Wander!

      É muito bom criarmos nossas próprias regras, mas se não conhecemos os rudimentos do ofício acabamos “reinventando a roda”, achando que estamos sendo originais. Por isso que eu sempre aconselho o estudo profundo, para que possamos jogar tudo para o alto com consciência do que estamos fazendo.

      Um abraço grande!
      Valéria Olivetti

      Comentário por valeriaolivetti — 16/09/2011 @ 12:31

  4. As dicas são maravilhosas, ou melhor o blog todos é maravilhoso!!!

    Comentário por Anne Valentine — 17/09/2011 @ 16:23

    • Obrigadão pela força, Anne! Estou muito feliz que esteja gostando! 😀

      Comentário por valeriaolivetti — 18/09/2011 @ 07:13


RSS feed for comments on this post.

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: