Dicas de Roteiro

01/09/2011

Os Segredos do Financiamento de Filmes

Filed under: Produção — valeriaolivetti @ 12:26
Tags:

Olá, este é o penúltimo artigo gratuito do site Film School Online. Como volta e meia eu digo, o roteirista precisa aprender sobre todas as áreas da arte cinematográfica para poder fazer seu trabalho melhor. Então, aqui vai:

FilmReel

Se você estiver considerando fazer um longa-metragem, esta lição irá verdadeiramente abrir os seus olhos. Examinaremos o financiamento de filmes a partir da perspectiva dos produtores de sucesso.

A abordagem não é provavelmente a que você espera, uma vez que vai na contramão do que geralmente é ensinado na escola de cinema. Em retrospectiva, no entanto, você pode vir a apreciá-la. Especialmente quando ela lhe ajudar a evitar repetir os erros de inúmeros cineastas mal sucedidos.

Abordagem típica

Praticamente todos os aspirantes a cineasta e formandos de escolas de cinema querem fazer um longa-metragem. Uma das primeiras coisas que eles fazem é tentar levantar financiamento.

Financiamento de filmes é uma tarefa difícil devido ao risco que os investidores devem correr. Apesar disso, alguns companheiros cineastas realmente conseguem isso. Eles normalmente levantam financiamento de amigos, parentes e/ou investidores "anjos". Após a conclusão, o filme é lançado no circuito de festivais em busca de um distribuidor.

Esta é a rota típica para cineastas iniciantes. Parece razoável, certo?

Errado. Existe uma falha inerente que condena o filme ao fracasso. Leia a abordagem de novo e tente encontrá-la.

O problema é que a abordagem está de trás para a frente. Assegurar a distribuição deve ser o primeiro passo, não o último.

Distribuição

Elo crucial

Você pode estar se perguntando: "O que a distribuição tem a ver com financiamento?" A resposta é: tudo!

O acordo de distribuição é a forma como você levanta o financiamento. Ao pré-vender os direitos de distribuição, você pode arrecadar qualquer coisa entre o dinheiro para começar até praticamente todo o orçamento. Direitos de distribuição incluem:

  • Salas de Cinema Nacionais

  • Salas de Cinema Internacionais

  • DVD

  • TV

  • Syndication [Venda de um filme ou seriado diretamente para estações de TV independentes]

Pré-vender os direitos de distribuição é a forma como todos os participantes reais da indústria tiram seus projetos do papel.

Lembre-se das convincentes "histórias de Cinderela" sobre projetos que foram apresentados sem sucesso a todos de Hollywood antes de serem finalmente adquiridos, lançando carreiras importantes no processo. Bem, aqueles cineastas usaram exatamente a abordagem recomendada aqui.

Você acha que um desconhecido Sylvester Stallone fez Rocky com seu próprio dinheiro? Ou que Mark Burnett usou suas economias pessoais para produzir a primeira temporada de Survivor? Claro que não. Eles foram em torno de Tinseltown lançar a ideia até que alguém a comprou.

sv

Criação original de Mark Burnett

A pessoa ou empresa que compra os direitos de distribuição pode não ser um distribuidor em si, mas pode garantir a distribuição em virtude de um acordo pré-arranjado com um distribuidor. Isso se resume à mesma coisa.

Além disso, os diversos direitos podem ser vendidos para diferentes partes. É por isso que você frequentemente vê muitas empresas listadas nos créditos de um filme, dependendo da complexidade dos negócios envolvidos.

As Primeiras Coisas Primeiro

Na escola de cinema, há um velho ditado que diz que você deve usar ODO (o dinheiro dos outros) para fazer o seu filme. Isto é para minimizar o seu risco pessoal.

A primeira coisa que novos cineastas fazem quando se formam é correr para levantar ODO. Ok, então eles fazem um filme usando ODO. Qual é o ponto, se eles não conseguem colocá-lo na frente de uma plateia?

A verdade é que, com os equipamentos acessíveis de hoje, qualquer um pode fazer um filme. No entanto, fazer o filme é apenas metade da batalha. Distribuir o filme é a outra metade; e o acordo deve ser feito antes de se gastar tempo e dinheiro em qualquer outra coisa.

Fazer o filme

Na fase de desenvolvimento, todos os seus esforços devem ser orientados para garantir um distribuidor. Isto é realizado reunindo um ​​pacote viável (roteiro, artistas, equipe de produção), e apresentando-o para partes interessadas ​​em comprar os direitos de distribuição. É isso o que os produtores de sucesso passam a maior parte de seu tempo fazendo.

Você precisa encontrar um distribuidor alguma hora, então por que não fazer isso da forma como os profissionais fazem: antes que o filme seja feito. Usando essa abordagem, você vai perder menos tempo e aumentar radicalmente as suas chances de sucesso.

Benefícios adicionais

Esta abordagem não só lhe permite fazer o filme, mas há benefícios adicionais também:

  • O distribuidor tem o interesse investido em seu projeto e fará todo o esforço para providenciar que ele se transforme em lucro.

  • Os distribuidores sabem o que o público anda procurando em um determinado momento e podem ajudá-lo a desenvolver o projeto em termos de escolha de história e de atores.

  • A venda de direitos de distribuição dá credibilidade ao projeto e pode ajudar a assegurar financiamento adicional, se necessário.

Boa escrita pra você hoje!

Anúncios

2 Comentários

  1. Muito obrigado pelo texto Valéria!
    Seu trabalho neste site é realmente incrível. Há uma coisa que não está contida no texto
    que me enteressaria muito saber: como funciona a parte burocrática de vender os direitos de distribuição ?

    Comentário por Fábio Cabral — 03/09/2011 @ 18:53

    • Olá, Fábio, seja muito bem-vindo!

      Muito obrigada, fico feliz que você esteja gostando do blog! =)

      Infelizmente, distribuição não é a minha especialidade, e realmente desconheço os meandros dessa área. Mas se eu encontrar algum texto que explique bem isso, com certeza postarei aqui.

      Ah, tem um blog legal especializado em distribuição, talvez você encontre o que procura nele, dá só uma olhada:
      http://cinemana.wordpress.com/2008/04/05/parte8/#more-129

      Obrigada pela visita, Fábio! Um grande abraço!
      Valéria Olivetti

      Comentário por valeriaolivetti — 04/09/2011 @ 08:03


RSS feed for comments on this post.

%d blogueiros gostam disto: