Dicas de Roteiro

06/08/2011

Formatando Cabeçalhos de Flashback em Seu Roteiro

Filed under: Roteiro — valeriaolivetti @ 20:39
Tags: , , ,

Olá a todos! Gargalhando Como prometido, para tirar as dúvidas de alguns de nossos colegas de blog, esta semana iremos tratar de três assuntos: Flashback, Comédia e Narração em off. Estes temas terão mais de um post cada. O texto de hoje é de autoria de Shane Burley, e foi tirado do site Bright Hub:

flashback2

Aqui está um guia fácil de formatação para a construção de flashbacks em seu roteiro.

Revendo o Passando

Existem cabeçalhos para quase todos os tipos de filme e dispositivos de cena na escrita de roteiros. Isto não é verdade apenas para as cenas principais e secundárias, mas também para as construções alternativas que não devotam-se à mesma progressão linear que está no enredo principal do seu filme. Uma dessas que são frequentemente usadas no cinema contemporâneo e na televisão é o flashback. Isto é feito para que você possa ver os eventos precedentes de uma forma que seja clara, em vez de apenas criado na mente do público por meio de alusão.

Secundário

Para um flashback, você na verdade vai fazer uma versão alterada do cabeçalho principal ou do secundário. Muitas vezes, a escolha de usar um ou outro vai depender da situação contida nele. Quando ele ocorre no meio de uma cena principal, tal como quando um personagem começa a ativamente contar uma história do passado em uma cena, nesta situação, você pode simplesmente abordá-lo como um cabeçalho secundário especialmente rotulado.

Exemplo: FLASHBACK – TOM FAZENDO O JANTAR COM SUA MÃE

Se este for o caso, então você deve prender-se às limitações de uma função de cena secundária, tal como manter isto curto.

Principal

Se você quiser que o flashback tenha mais peso e seja visto no mesmo nível de outras cenas, então você deve apresentá-lo como uma cena principal. Para fazer isso, basta alterar o formato comumente usado nos cabeçalhos principais.

Exemplo: EXT. PARQUE DA PRAIA DE SOUTHLAND – CREPÚSCULO – FLASHBACK

Não existe realmente nenhum método concreto para dividir as palavras no cabeçalho principal de flashback. Você pode escolher usar hifens, parênteses, ou mesmo apenas espaços em branco. Contanto que mantenha a ordem das palavras e a informação adequada, você vai ficar bem.

Encerre-me

Uma vez que o flashback esteja acabado, especialmente se ele estiver ocorrendo no meio de uma cena principal, então você precisa indicar que está retornando ao mundo temporal normal. Novamente, não há nenhum modo padrão de expressar isso. RETORNAR AO TEMPO APROPRIADO geralmente é uma boa maneira de indicar que você está agora no fluxo da história padrão do roteiro. Certifique-se de colocar em maiúsculas todas as partes dele, incluindo tanto o cabeçalho e a frase de fechamento.

fim

Quando ele diz para colocar tudo em maiúsculas, está se referindo apenas aos cabeçalhos, não ao texto da cena em si. Mas, não se preocupem, teremos posts mais completos na próxima semana, este foi apenas um aperitivo! =)

Boa escrita pra você hoje!

Anúncios

4 Comentários

  1. Eu uso outra versão que gosto mais, corroborada pelo David Trottier:
    EXT. PARQUE DA PRAIA DE SOUTHLAND – CREPÚSCULO (FLASHBACK)

    Comentário por Roteiro de Cinema (@roteirodecinema) — 06/08/2011 @ 21:05

    • Oi, Fernando, como é bom vê-lo novamente por aqui! =D

      Eu concordo totalmente contigo, desse jeito fica bem mais destacado o fato de que é um flashback (e um tanto mais clean de se olhar, não é?).

      Um abração, Fernando, e obrigada pela visita e pela dica! Valeu mesmo! 😀 :mrgreen:
      Valéria Olivetti

      Comentário por valeriaolivetti — 06/08/2011 @ 21:14

  2. Olá Valéria… Adorei todos os posts sobre As 12 perguntas essenciais que todo escritor deve responder… é de grande valia o sue blog, pois como escritor sempre estou aprendendo. A arte da escrita é um mundo tão vasto que não tem fim… Um grande obrigado, por me mostrar mundos ainda não descobertos da escrita… Grande abraço…

    Comentário por Fernando F. Fasoli — 07/08/2011 @ 11:21

    • Oi, Fernando! Como vai?! 😀 😀

      Que bom que você gostou da série! :mrgreen: E eu assino embaixo do que você disse, até hoje me espanto com o quanto eu ainda não sei! 😆 É um universo imenso! Eu fico super feliz que você esteja gostando do blog, é sempre muito legal ter contato com gente que acha a prática e o estudo deste campo tão divertido e fascinante quanto eu. Isso aquece meu coração! 😀

      Um grande abraço, Fernando, e obrigadão pela sua visita, fiquei super feliz de vê-lo por aqui! =D
      Valéria Olivetti

      [Puxa, dois escritores bacanérrimos comentando no mesmo post, estou me sentindo nas nuvens!!] :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

      Comentário por valeriaolivetti — 07/08/2011 @ 21:00


RSS feed for comments on this post.

%d blogueiros gostam disto: