Dicas de Roteiro

27/07/2011

As 12 Perguntas Essenciais Que Todo Escritor Deve Responder – Parte 5

Filed under: Roteiro — valeriaolivetti @ 09:56
Tags: , , ,

Oi, pessoal! Depois de 3 (sim, TRÊS!!! Smiley decepcionado) gripes consecutivas, experiência pela qual passei pela primeira vez na vida (bem, dizem que tudo tem uma primeira vez, mas estou oficialmente abrindo mão de pegar quatro gripes consecutivas, essa é uma experiência que eu dispenso!) e cerca de um mês e meio de cama, completamente imprestável, estou de volta com a quinta parte de nossa série (vamos ver se agora ela sai de vez: Xô, urucubaca!!) tirada do site Storymind e de autoria de Melanie Anne Phillips. Gostaria de aproveitar também para pedir desculpas a todos que enviaram e-mails e ficaram sem resposta nas duas últimas semanas. Vou responder a todos aos poucos até o final de semana, pois ainda estou fraca e beeem lerda. Mas devagar se vai ao longe! :mrgreen:

duvida5

4. O Estilo de Resolução de Problemas do Personagem Principal: Lógico ou Intuitivo?

Todo Personagem Principal deve ter um Estilo de Resolução de Problemas. Seja o seu Personagem Principal um cavalo, uma casa, uma pessoa ou um alienígena, o público não será capaz de sentir empatia por ele a menos que o personagem possua uma mente Lógica ou Intuitiva. Se você quiser que o seu Personagem Principal tenda a procurar soluções lineares para os seus problemas, escolha o Estilo de Resolução de Problemas Lógico. Se você quiser que o seu Personagem Principal tenda a procurar soluções holísticas para os seus problemas, escolha o Estilo de Resolução de Problemas Intuitivo.

NOTA: O Estilo de Resolução de Problemas de um personagem não precisa corresponder ao seu Gênero.

Estilo de Resolução de Problemas: Uma diferenciação entre as técnicas de resolução de problemas lógica e intuitiva.

Muito do que somos como indivíduos é um comportamento aprendido. Todavia, o sistema operacional básico da mente é projetado biologicamente antes do nascimento como sendo mais sensível ao espaço ou tempo. Todos nós temos uma noção de como as coisas são organizadas (espaço) e de como as coisas estão indo (tempo), mas o modo como cada um filtra o nosso pensamento determina o nosso Estilo de Resolução de Problemas como sendo Lógico ou Intuitivo, respectivamente.

O Estilo de Resolução de Problemas Lógico descreve pensadores espaciais que tendem a usar a Resolução de Problemas linear como o seu método de escolha. Eles estabelecem um Objetivo específico, determinam os passos necessários para atingir esse Objetivo, e então embarcam em um esforço para completar esses passos.

O Estilo de Resolução de Problemas Intuitivo descreve pensadores temporais que tendem a usar a Resolução de Problemas holística como o seu método de escolha. Eles têm uma noção do jeito que eles querem que as coisas sejam, determinam como as coisas precisam ser equilibradas para realizar essas mudanças, e então fazem ajustes para criar esse equilíbrio.

Para ter certeza, podemos ir longe para contrabalançar essas sensibilidades, mas debaixo de toda a nossa experiência e formação, a tendência de ver as coisas mais em termos de espaço ou de tempo ainda permanece. Para lidar com a psicologia dos Personagens Principais, é essencial compreender a base sobre a qual repousa a experiência deles.

Sexo Mental Masculino (Gênero Feminino) Sexo Mental Feminino (Gênero Masculino)
Ripley, Alien & Aliens Tom Wingo, O Príncipe das Marés
Clarice Starling, O Silêncio dos Inocentes  
Hildy Johnson, A Primeira Página  
V. I. Warshawski, Bonita e Perigosa  

Amanhã, se Deus quiser, volto com a próxima parte da série. Ótima escrita a todos hoje!

Anúncios

3 Comentários

  1. Vou levar comigo essa frase: “Para lidar com a psicologia dos Personagens Principais, é essencial compreender a base sobre a qual repousa a experiência deles.”

    ;D

    Comentário por Marcia Fr. — 28/07/2011 @ 16:23

  2. Menina, que karma é esse que estava sobre você? Três gripes consecutivas??

    😮

    Comentário por Marcia Fr. — 28/07/2011 @ 16:25

    • Oi, Marcia! =)

      Pois é, você definiu direitinho: só pode ser Karma! Espero já ter queimado todo o karma que tinha pra queimar este ano, porque não vou aguentar mais disso, não! Eu, hein! Ufa!!

      E eu gostei também da frase que você citou, eu sempre acho que quando a gente investe bem na construção do personagem, analisando bastante o lado psicológico, o enredo e o roteiro acabam enriquecendo significativamente. É um esforço que vale a pena.

      Um beijo grande, Marcia! 😀
      Valéria Olivetti

      Comentário por valeriaolivetti — 29/07/2011 @ 09:32


RSS feed for comments on this post.

%d blogueiros gostam disto: