Dicas de Roteiro

08/07/2011

As 12 Perguntas Essenciais Que Todo Escritor Deve Responder – Parte 3

Filed under: Roteiro — valeriaolivetti @ 13:40
Tags: , , ,

Olá, galera! Estou de volta com a terceira parte de nossa série (acho que agora ela vai!), tirada do site Storymind e de autoria de Melanie Anne Phillips:

pergunta2

2. O Crescimento do Personagem Principal – Começar ou Parar

Ao longo da sua história, o Personagem Principal vai crescer a partir de algo ou se transformar em alguma coisa. Autores mostram aos seus públicos como visualizar este desenvolvimento de um Personagem Principal, indicando a direção do Crescimento do Personagem Principal.

Se a história diz respeito a um Personagem Principal que Muda, ele virá a acreditar que é a causa de seus próprios problemas (é por isso que ele eventualmente muda). Se ele cresce a partir de uma velha atitude ou abordagem (por exemplo, perde o chip em seu ombro), então ele é um Personagem Parar. Se ele cresce em um novo modo de ser (por exemplo, preenche um buraco em seu coração), então ele é um Personagem Começar.

Se a história diz respeito a um Personagem Principal que Permanece Firme, algo no mundo ao seu redor vai parecer ser a causa de seus problemas. Se ele tenta aguentar tempo o suficiente para que algo pare de incomodá-lo, então ele é um personagem Parar. Se ele tenta aguentar tempo o suficiente para que algo se inicie, então ele é um personagem Começar. Se você quiser que a ênfase em sua história seja a fonte dos problemas que têm de parar, escolha "Parar".

Se você deseja enfatizar que a solução para os problemas têm que começar, escolha "Começar".

Quer um Personagem Principal eventualmente mude a sua natureza ou permaneça firme, ele ainda vai crescer ao longo da história. Este crescimento tem uma direção. Ou ele se transformará em algo (Começar) ou crescerá a partir de algo (Parar).

Como exemplo, podemos olhar o Scrooge de Um Conto de Natal, de Charles Dickens. Scrooge precisa mudar porque ele é excessivamente avarento (Parar) ou porque ele não tem generosidade (Começar)? Na história de Dickens fica claro que os problemas de Scrooge surgem a partir de sua passiva falta de compaixão, e não de sua ganância ativa. Não que ele esteja no ataque, mas é que ele não procura ativamente ajudar os outros. Assim, de acordo com a forma como Charles Dickens contou a história, Scrooge precisa Começar a ser generoso, ao invés de Parar de ser mesquinho.

Um Personagem Principal que Muda, cresce ao adicionar uma característica que lhe falta (Começar) ou ao largar uma característica que ele já tem (Parar). De qualquer forma, a natureza de sua composição é mudada.

A natureza da composição de um Personagem Principal que Permanece Firme, por outro lado, não muda. Ele cresce em sua determinação de permanecer inalterado. Ele pode crescer mantendo-se contra algo que é cada vez mais ruim, enquanto espera aquilo Parar. Ele também pode crescer aguardando algo em seu ambiente Começar. De qualquer maneira, a mudança aparece em algum lugar em seu ambiente, em vez de nele.

Exemplos de Parar e Começar:

PARAR (Personagem Principal que Muda)

COMEÇAR (Personagem Principal que Muda)

Frank Galvi, O Veredicto – Ele deve parar de desacreditar, como um pré-requisito para ganhar fé

Scrooge, Um Conto de Natal – Ele deve começar a ser compassivo

Luke Skywalker, Guerra Nas Estrelas – Ele deve parar de testar suas habilidades, como um pré-requisito para ganhar confiança em si mesmo (e na força)

 
PARAR (Personagem Principal que Permanece Firme) COMEÇAR (Personagem Principal que Permanece Firme)
David Moscow, em Quero Ser Grande – Ele deve esperar até que a sua condição de grande pare Ray Kinsella, Campo dos Sonhos – Ele deve esperar por alguma coisa para começar a desfrutar do estádio que construiu
Dr. Richard Kimble, O Fugitivo – Ele deve aguentar até que a sua posição como fugitivo pare George, Quem Tem Medo de Virginia Woolf? – Ele deve esperar que Martha seja capaz de dizer a diferença entre realidade e ilusão

Boa escrita pra você hoje!

Anúncios

2 Comentários

  1. Como escrever uma série de comédia?Como tirar tanto humor e inspiração?

    Comentário por bekaaferreira1 — 10/07/2011 @ 03:43

    • Oi, Beka!

      Escrever bem comédia ou qualquer outro gênero tem muito de talento individual e inspiração (que a pessoa adquire de livros, revistas, filmes, HQs, TV, músicas, pinturas, esculturas, conversas com os amigos e por aí vai). No entanto, também como qualquer outro gênero, a comédia tem suas técnicas e segredos. Existem vários livros interessantes sobre o assunto em inglês (que infelizmente eu não posso traduzir), mas eu tenho alguns artigos bem bacanas que vou colocar no blog pra você ter alguns insights sobre o assunto. Só que você vai precisar esperar um tantinho, depois de terminar esta série atual, de 13 partes(!), eu ainda estou devendo alguns textos que me foram pedidos antes, mas acho que até o fim do mês eu consigo postar esses sobre comédia. É só aguardar! =)

      Um abração, Beka, e sucesso!
      Valéria Olivetti

      Comentário por valeriaolivetti — 10/07/2011 @ 11:12


RSS feed for comments on this post.

%d blogueiros gostam disto: