Dicas de Roteiro

10/06/2011

Dê a Si Mesmo Um Presente Que Durará o Ano Todo

Filed under: Roteiro — valeriaolivetti @ 12:51
Tags: , ,

Oi, pessoal! O artigo de hoje é de autoria da consultora de escrita, divulgação e venda de livros, Diane Thomas, e foi tirado do site e-Books Crossroads:

pen and journal

Dê a si mesmo um presente que irá durar por muito tempo no futuro…

Há muito tem sido sábio o conselho aos escritores o de manterem um diário de pensamentos e ideias de histórias, cenas e personagens que surgem em suas cabeças e que podem, de outro modo, se perderem.

Este não é apenas um bom conselho para os escritores, mas para qualquer um no mundo dos negócios também.

Existem tantas ideias boas que passam por nossas mentes, mas que, devido às atividades do dia e aos prazos que devem ser mantidos, são logo esquecidas. Uma dessas ideias pode ser aquela que vai conquistar a Internet como um furacão e gerar milhões de dólares – mas, infelizmente, ela já se foi há muito tempo, esquecida.

Parece improvável? Realmente, não é. Alguma vez você já teve uma ideia de passagem e então viu essa mesma ideia ser materializada mais tarde por outra pessoa? Isso acontece o tempo todo…

Eu uso um caderno espiral apenas para este fim. Na verdade, eu uso um caderno de 3 matérias. Para os meus propósitos, as divisórias estão marcadas como Websites, Projetos e Publicidade.

Este pouco de organização ajuda quando eu estou procurando por ideias específicas ou coisas que eu sabia que queria fazer, mas simplesmente não tinha tempo quando a ideia me passou pela cabeça. Funciona muito bem e custa apenas uns dois pares de reais!

Você pode anotar um novo aplicativo móvel, um diagrama de um fluxograma, escrever um problema que precise de uma solução, ideias para um site, o lançamento de um produto ou eBook, novas ideias de marketing que você queira experimentar, simplesmente qualquer coisa que possa ser valiosa no futuro.

Muitas dessas ideias nunca serão usadas, mas saber que aquelas poucas que são teriam se perdido se eu não as tivesse anotado, faz valer a pena o esforço deste exercício.

Eu sei que você tem milhares de ideias dentro de você apenas esperando pelo momento certo, quando você poderá colocá-las em uso. Tudo o que você tem que fazer é botá-las no papel de modo que, quando for a hora certa, você estará pronto!

Um simples caderno espiral pode simplesmente mudar o seu futuro. Nesta época de feriado, dê o primeiro passo para tirar aquelas ideias de sua cabeça e botá-las no papel.

"Uma grande ideia deve ser tida, não daquilo que se está fazendo, mas daquilo que se possa algum dia fazer. Caso contrário, não há sentido em se continuar trabalhando."
– Hilaire Germain Edgar Degas

Journaling

Ainda não estamos em época de feriado, mas como vem um daqui a umas duas semanas, preparem-se! =) E bom diário para todos!

Anúncios

2 Comentários

  1. Oi Valeria.

    Eu escrevia todas minhas ideias em post-its. Quando a pilha começou a ficar muito grande, comecei a me mandar essas novas ideias por email. Pensei que seria uma boa solução para ter tudo concentrado na minha caixa de mensagens. Mas quando eu queria reler minhas anotações, não era muito prático ter que catar uma por um nos emails. Finalmente, passei tudo a limpo para um caderno, como sugere esse artigo. E recomendo. Lápis e papel ainda são a melhor solução para muita coisa. 😉

    abs

    Comentário por Diego — 13/06/2011 @ 07:19

    • Oi, Diego! Como vai? =)

      Eu entendo perfeitamente o seu drama, passei pela mesma coisa, mas no meu caso foram papéis soltos, bloquinhos e cadernos, ficava tudo uma bagunça! Nunca pensei em mandar email pra mim mesma, mas já cogitei usar a caixa postal do telefone para registrar as ideias quando não tivesse caneta e papel por perto (o que nunca aconteceu, é mais fácil eu esquecer o telefone do que a caneta e o papel! Rsrs!). Hoje em dia fico com meus fichários e não abro! Tem a vantagem das folhas soltas e dos cadernos juntos, sendo que posso reordenar as folhas à vontade, tirá-las e guardá-las num arquivo de pastas suspensas quando não estão em uso, adicionar folhas impressas de pesquisa etc. Mas na bolsa fica um bloquinho mesmo pra não perder nada, depois tenho que ter a paciência de passar à limpo (ou colo o papel direto numa folha de fichário, na verdade é o que eu mais faço). E você tem razão, ainda não acharam um substituto à altura do papel e da caneta para nós, escritores! 😉 :mrgreen:

      Um abração, Diego, e obrigada por compartilhar a sua experiência! =D
      Valéria Olivetti

      Comentário por valeriaolivetti — 14/06/2011 @ 11:18


RSS feed for comments on this post.

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: