Dicas de Roteiro

20/03/2011

10 Princípios Poderosos Para o Sucesso Escrevendo Roteiros

Filed under: Roteiro — valeriaolivetti @ 09:44
Tags: , ,

Este artigo foi escrito por Derek Rydall e tirado do site da Writers Store:

máquina-de-escrever2

Eleve o seu roteiro a um nível de influência com estas 10 dicas rápidas do autor/roteirista/consultor de roteiros Derek Rydall.

1. FAÇA ALGO PRODUTIVO TODO DIA

Escreva algo todos os dias – seja o seu projeto ou uma tarefa contratada. Se você se encontrar empacado, só olhando para uma tela em branco, tente olhar para um ótimo roteiro em vez disso – e tente descobrir como ele foi montado. Ele pode inspirá-lo a terminar a sua própria escrita. O ponto aqui é continuar exercendo e refinando o seu ofício, aumentando o seu conhecimento, e mantendo o ritmo – tudo isso lhe dará uma vantagem competitiva. Isto não tem a ver com tornar-se um workaholic. Trata-se de romper a inércia da complacência. É tão fácil sentir-se confortável, contentar-se com o status quo, racionalizar porque você não está fazendo o que você sabe que precisa para ter sucesso. "Eu não tô a fim", não é mais uma desculpa viável.

2. FAÇA PAUSAS FREQUENTES

Isto pode soar como uma contradição ao hábito acima. Não é. De fato, sem isto você não será capaz de sustentar o nível de qualidade e produtividade acima referidos. A menos que você seja capaz de fazer uma pausa (seja de dez minutos, uma hora, um dia ou uma semana) e recarregar, em breve você vai reservar um quarto na cidade dos esgotados.

3. ORGANIZE-SE

Um escritório confuso e desorganizado é um sugador de energia, se é que já houve alguma. Não só porque leva mais tempo para encontrar aquele documento importante sob aquela pilha de contas ainda não abertas, mas também porque ele literalmente puxa energia do seu campo psíquico. Cada pequena ‘tolerância’ que você suporta sem reclamar queima combustível que poderia ser muito melhor utilizado no crescimento de seu negócio.

4. TRABALHE QUANDO VOCÊ TRABALHA MELHOR

Alguns de nós são pessoas matutinas. Outros são tocados pela musa no badalar da meia-noite. Se você ainda não sabe, descubra que hora do dia você trabalha melhor e reserve as suas atividades mais trabalhosas para aquele período. (Claro, se você estiver com um prazo a cumprir, pode ter que trabalhar o dia inteiro, mas essa é uma questão diferente.) Se você programar as suas atividades com base em seus ciclos de energia, vai ver a sua produtividade dar um salto quântico.

Por exemplo, eu tenho dois períodos em que trabalho melhor – no final da manhã e no final da tarde. Então eu tento agendar a parte pesada (escrita, análise) para essas horas. Quando me levanto pela primeira vez, eu preciso facilitar o trabalho do dia, então eu faço mais trabalho preparatório, como ver a programação do dia, arrumar o escritório, os e-mails. Uma vez que estou aquecido, eu abro o roteiro ou arquivo de escrever e trabalho por algumas horas. Eu paro para almoçar, meditar, dar telefonemas, malhar, fazer algumas incumbências – e começo o meu segundo período de escrita. Então é hora de ficar em casa com a família, jantar e histórias de ninar. Mas não é a minha hora de dormir. Porque à noite o meu ciclo da energia é perfeito para abrir correspondências, pagar contas, organizar arquivos durante uma pesquisa simples – tarefas que não tiram muita energia.

O ponto principal deste exemplo é que se eu abrisse o meu e-mail e pagasse as minhas contas no final da manhã, eu desperdiçaria o meu ciclo de energia mais produtivo (sem falar de ficar deprimido), o que eu não poderia compensar com muita facilidade à noite, durante a minha hora de pagar contas e abrir e-mails. Faz sentido? Pode levar algum tempo para encontrar o seu horário-de-energia perfeito, mas vale a pena a experiência. Eu ainda estou fazendo ajustes.

5. DÊ 100% A CADA PROJETO

Trate todo projeto como se fosse o emprego dos seus sonhos – e em breve você vai atrair mais e mais de seus trabalhos dos sonhos. Por quê? Porque você não consegue o que quer na vida, você recebe o que você é. Gandhi disse que devemos ser a mudança que queremos ver no mundo. Da mesma forma, devemos nos tornar o tipo de pessoa que receberia os tipos de empregos que nós queremos no mundo. Este é mais um daqueles princípios universais que eu continuo inserindo aqui. Se isso lhe dá uma dor de cabeça de tentar entender, não tente. Apenas dê uma chance a isso e veja o que acontece.

papagaio

6. CONTINUE APRENDENDO

Para ter o que os outros não têm, você deve fazer o que os outros não farão. A média das pessoas – e por falar nisso, a média dos roteiristas – tem a tendência de pegar o caminho de menor resistência. Portanto, você deve pegar a estrada menos percorrida. Continue aberto no topo. Mantenha a Mente de Principiante. Além do estudo contínuo em áreas relacionadas e complementares, leia e pesquise áreas fora do seu campo – e fora do show business. Algumas das ideias mais inovadoras vieram de pessoas que adaptaram conceitos que elas descobriram em campos completamente diferentes.

7. AJA E VISTA-SE COMO UM PROFISSIONAL

Esta é outra regra relativa. Um corretor age e veste-se de forma bastante diferente da de um tenista profissional. Na indústria do entretenimento, um executivo age e veste-se diferente de um ator. Ainda mais especificamente, clientes diferentes terão expectativas diferentes. Em geral, o estilo executivo casual parece funcionar melhor.

Você também deve ter um currículo atualizado e amostras de trabalho (roteiros, argumentos, sinopses etc.) disponíveis. Faça o seu dever de casa, compareça em reuniões com todo o equipamento certo para fazer o trabalho, e trate cada cliente em potencial (produtor, diretor, executivo) com o maior respeito e valor.

8. HONRE O SEU HORÁRIO DE TRABALHO

Durante o horário de trabalho, especialmente num escritório em casa, você terá muitas oportunidades de distração vindas de amigos e familiares bem-intencionados. No tom mais diplomático que você puder se exprimir, gentilmente informe-lhes que você está no trabalho, não em casa. A sua escrita é um negócio real, não um hobby. (Não é?) Você vai falar com eles depois do expediente, ou no seu intervalo.

9. CUIDE DE SI MESMO

Alimente a sua mente e o seu corpo com alimentos de alta qualidade – e exercite-se. Eu sei que isto é óbvio para a maioria das pessoas – contudo, a maioria das pessoas ainda não faz isso. Escrever é um trabalho árduo que exige resistência de verdade. Se você quiser ser uma pessoa de alto desempenho, você precisa funcionar com gasolina de alta octanagem.

10. CONHEÇA A SI MESMO

As pessoas mais bem-sucedidas, neste ou em qualquer campo, sabem quem elas são para que possam ser fiéis a isso. Elas também conhecem seus pontos fortes – para que possam jogar com eles – e suas fraquezas – para que possam compensá-las.

Estes princípios podem não parecer grandes revelações. O fato é que a maioria dos princípios fundamentais são bastante simples. A chave está em praticá-los. Mais e mais. Dia após dia. Até que eles se tornem tão naturais quanto respirar.

Embora eu não possa garantir até onde você irá com a sua carreira, se você fizer apenas estas coisas, você irá mais longe do que a maioria no que quer que você se esforce para alcançar!

Boa sorte – e Continue Escrevendo!

oquequer

Boa escrita pra você hoje! Alegre

Anúncios

4 Comentários

  1. Cada dia vc se supera em suas postagens. Este é um dos textos mais motivadores que já li e deveria ser mostrado para todas as pessoas, escritoras ou não. Obrigado por alimentar o sonho de tantas pessoas e fazê-las acreditar que apesar do que o mundo diz, a gente ainda pode chegar onde a gente quer.
    Abs.

    Comentário por Carolina Flor — 22/03/2011 @ 11:59

    • De nada, Carolina! Fico super feliz que você esteja gostando dos posts! Eu acho ultra importante a gente acreditar e lutar por nossos sonhos, pois se não o fizermos, quem o fará por nós? Os grandes homens e mulheres da História da Humanidade foram aqueles que não desistiram de lutar para realizá-los, independentemente dos perrengues que surgiam (que não eram poucos nem fáceis). Vamos lutar para ser como eles também! O bom é que estamos aqui todos no mesmo barco, então um vai informando e ajudando o outro. E isso é muito bacana! :mrgreen:

      Um abração! =)
      Valéria Olivetti

      Comentário por valeriaolivetti — 23/03/2011 @ 08:22

  2. eu curti demais esse post!
    estou exatamente nesta pegada atualmente…
    trabalhando em casa (o que pra maioria das pessoas que eu conheço parece ‘vagabundagem’…)mas o importante é que estou firme e forte, focada numa direção: escrever livros infantis. escrevo todo um dia um pouco, viajo em muitas novas ideias até chegar onde quero chegar. e estou tentando manter meu novo blog bem ativo, com informações, histórias e dicas de livros, enfim…
    é isso!
    vou aproveitar p fazer meu merchan, posso? rs
    http://www.colorindoelefantes.com
    parabéns pelo blog!
    bjs
    carol marçal

    Comentário por carol marçal — 22/03/2011 @ 12:11

    • Olá, Carol, seja bem-vinda!

      Muito legal o seu blog, eu acho super bacana gente que já sabe qual especialidade quer escrever, e dá tudo de si naquilo. Escrever para crianças é um dom e uma responsabilidade incrível, eu já li livros infantis que tinham cada “moral da história” que eu vou te contar… Se é que aquilo pode ser chamado de “moral”! E fiquei muito contente de ler uma de suas histórias (a do porquinho, muito fofo!) e ver que você já põe isso em prática com muita graciosidade.

      Obrigada pela mensagem, Carol, e parabéns pelo seu trabalho. Espero que você consiga ser publicada logo, adoraria ver alguns livros interativos (inclusive digitais) seus (hoje em dia tem uns aplicativos para o ipad, por exemplo, em que as crianças interagem com as imagens do livros, que se movem pela tela, é super divertido. Se pelo menos eu fosse criança E tivesse um ipad!… *suspiro* Tá legal, só um ipad já servia! 😉 :mrgreen: )

      Um beijo grande, e até a próxima! 😀
      Valéria Olivetti

      Comentário por valeriaolivetti — 23/03/2011 @ 08:39


RSS feed for comments on this post.

%d blogueiros gostam disto: