Dicas de Roteiro

26/01/2011

Escrevendo o Suspense Policial

Filed under: Roteiro — valeriaolivetti @ 14:48
Tags: ,

O artigo de hoje é dedicado ao nosso colega Lucas Luciano, e foi tirado do blog da autora e criminalista Jennifer Chase:

Keanu Reeves

Por que escrever um suspense policial? Eu realmente preciso dizer por quê? Sério, ele oferece tanta ação, aventura, mocinhos, bandidos, assassinos em série, situações de quem-é-o-culpado, desafios, e pode, no fim de contas, levá-lo em um dos passeios mais selvagens de sua vida. Você ainda precisa perguntar por que escrever um suspense policial?

Para mim, eu o acho fascinante porque existem tantas situações sobre as quais você pode escrever. Você apenas tem que deixar a sua imaginação lhe levar até lá. Eu sempre amei filmes de "suspense policial" como Operação França, Perseguidor Implacável, Cop Land, Serpico, Duro de Matar, e Os Infiltrados. Estes são apenas alguns poucos exemplos de todos os filmes que me influenciaram de alguma forma. Alguns foram melhores do que outros ao longo dos anos, mas eu ainda acho que gosto deles do mesmo jeito.

Meu livro mais recente, Silent Partner, que será lançado antes do final deste ano [2010], é um suspense policial, e eu prometo que haverão algumas surpresas pelo caminho. Decidi levar o suspense policial mais um passo adiante na vida de um policial, levando o leitor ao mundo dos agentes K9. Eles são como qualquer outro oficial de patrulha ou investigador, mas têm um parceiro constante que acontece de ser um canino. É uma parceria e um vínculo especial como nenhum outro. Eu passei um bom tempo treinando de verdade o meu próprio cão com os policiais K9 e os treinadores de cães policiais.

Ao escrever um suspense policial você tem que desafiar a si mesmo fazendo mais trabalho de casa e pesquisa. Eu não posso enfatizar "pesquisa" o suficiente quando se trata deste tipo de história. Eu abordo o suspense policial com a ideia de ele que é como qualquer outra história, com exceção dos procedimentos policiais, da psicologia criminal, do perfil da vítima e das pistas espalhadas.

Eu adorei descobrir o que realmente se passa em uma delegacia, o inquérito policial, ou um passeio na viatura de patrulha. Livros e Internet só vão lhe levar até determinado ponto. Você precisa quase mergulhar na realidade da coisa e escrever como ela parece, cheira, e todas as outras emoções que passam pela sua mente. Às vezes isso não é tão fácil. Eu dei um jeito de ganhar a confiança e a amizade de muitos policiais, não só na Califórnia, mas em outros estados também. Eles são uma riqueza de informações, porque vivem esse trabalho e têm muitas grandes histórias sobre suas experiências.

Autora Jennifer Chase

Aqui estão algumas dicas para começar a pesquisa:

  • Procure na Internet, em qualquer departamento de polícia, quais são as exigências para ser um policial. Muitas vezes há exemplos de testes escritos. Você pode fazer isso com qualquer departamento de polícia dos EUA sobre o qual você estiver escrevendo.
  • Descubra nos sites da polícia local, municipal e estadual, a hierarquia do departamento, os cargos, e exatamente quais são as divisões individuais e suas responsabilidades.
  • Aproveite para ir em um passeio na viatura de polícia em sua própria cidade. A maioria dos departamentos de polícia têm disponíveis esses programas de passeios com civis. Se você explicar que está fazendo pesquisa para um livro, eles podem permitir que você pesseie diversas vezes em turnos diferentes, com diferentes agentes.
  • Vá até a biblioteca e cheque os livros de estudo para os exames de admissão de várias forças policiais. Existe uma riqueza de informações que lhe ajudarão a esboçar a experiência de seus personagens. Além disso, confira todos os livros sobre roubos, homicídios, psicologia criminal, sequestro etc., que ajudarão o seu enredo.
  • Procure os códigos de rádio da polícia, na Internet ou em livros, da rádio de polícia e de emergência da área sobre a qual você esteja escrevendo. Você também pode ouvir algumas rádios de polícia "ao vivo" na Internet.

Isso vai ajudar a dar realismo à sua história.

  • Se você estiver escrevendo sobre uma área específica de aplicação da lei, por exemplo, SWAT, K9, Investigativa, ou de Segurança Interna, entre em contato com um departamento local e veja se você consegue marcar um encontro para conversar com alguém sobre a função deles, e talvez lhe seja dada uma turnê.
  • Seja profissional, educado e preparado em sua pesquisa.

scene-from-edge-of-darkness

Boa escrita policial pra você!

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: