Dicas de Roteiro

21/01/2011

Direitos, Royalties e Revenda

Filed under: Roteiro — valeriaolivetti @ 18:22
Tags:

O texto de hoje é do advogado da área de entretenimento Jonathan Handel, e foi tirado do site da Script Magazine. É bom lembrar que estas leis se aplicam aos roteiros vendidos nos EUA:

Caçando dinheiro

Pergunta: Após um roteiro ser vendido, quais são os direitos de seu autor? Royalties são esperados? O autor pode revender o roteiro depois que ele for feito pela primeira vez?

Jonathan Handel: A resposta depende dos detalhes do contrato entre o escritor e o produtor, e se a transação está sujeita à jurisdição do Writers Guild – basicamente, depende se o produtor é signatário do acordo do Writers Guild.

A você deve ser pago o que for acordado no contrato. Se a transação estiver sujeita ao WGA, então a remuneração paga como adiantamento deve ser pelo menos o mínimo especificado no contrato. Existem vários mínimos, dependendo de se você também está sendo contratado para fazer uma ou mais reescritas ou polimentos, e se esta é a sua primeira venda de roteiro.

O termo "royalties" geralmente não é usado em acordos de roteiristas, mas o conceito existe em duas formas:

  • Se o acordo prevê um percentual de "lucro líquido", "produto líquido" ou "produto definido", então, teoricamente, você poderia receber um royalty no valor acordado (normalmente 5%). Entretanto, estes termos geralmente são definidos de tal forma que equivalem a zero.
  • Se o acordo estiver sujeito ao WGA, então você deve receber resíduos [N.T.: pagamentos de direitos autorais] se o filme for feito e lançado em outras mídias, tais como DVD, televisão ou novas mídias. Nenhum resíduo é pago pelo lançamento nos cinemas propriamente dito.

Você geralmente não pode revender o roteiro depois que ele é feito pela primeira vez. Na verdade, mesmo que o roteiro nunca seja feito, você geralmente não pode revendê-lo. Há exceções, porém, particularmente para os roteiros originais escritos sob um acordo do WGA. Daí, o complexo conceito de "direitos separados" pode ser aplicado, o que lhe dá direitos adicionais. Veja: http://www.wga.org/subpage_writersresources.aspx?id=114.

direitos autorais

Boa escrita pra você hoje!

Anúncios

5 Comentários

  1. Oii Valéria, Tudo bom ?
    Eu estive fuçando alguns sites sobre escrita de TV, e achei este artigo muito interessante.
    http://www.ehow.com/how_2021178_write-tv-spec-script.html
    São algumas instruções sobre como começar a escrever uma série de TV. É muito boa a dica. Eu a tenho traduzida aqui, se quizer eu te mando para você colocar no blog.

    Um abração e uma otima semana.
    Igor.

    Comentário por seriesdetvblog — 26/01/2011 @ 14:20

    • Oi, Igor, como vai? 😀 😀

      Muito legal a sua indicação, na verdade eu já estava com este texto na minha pasta de links “na fila de prioridade”, mas foi bom você me lembrar dele. Eu agradeço muito a sua oferta, e ando super atarefada, um trabalho pronto cairia do céu, mas fico com um sentimento de culpa danado, e acho que vou acabar traduzindo eu mesma (sei lá, totalmente sem lógica, só Freud explica essas coisas, nem eu me entendo!). Sabe, eu acabei de descobrir que sou um ser muito estranho…

      Mas obrigadão, Igor, pela atenção, pela dica e pela oferta, eu tive uma semana agitadona e não pude postar nada, mas agora eu tô de volta e vou botar o trampo em dia! :mrgreen: Valeu!
      Um beijão, e ótimas escritas! 😀
      Valéria Olivetti

      Comentário por valeriaolivetti — 27/01/2011 @ 11:30

  2. Oi, Valéria!

    Tudo bem?

    Agora lendo essa matéria, deu para entender perfeitamente porque os roteiristas de TV entraram em greve em 2007.

    Para se ter idéia, esta manifestação mexeu tanto com Hollywood que nem fizeram a cerimônia de entrega do Globo de Ouro.

    As estúdios fecharam as portas! As produções pararam!

    Pois é como diz um personagem: “Mexe com quem tá quieto!” (rsrsrs)

    Beijão!

    Eve

    Comentário por Eve — 27/01/2011 @ 20:25

  3. * “Os estúdios…”

    Só para acrescentar o comentário anterior, os roteiristas são de fato, quem mandam na cidade do entretenimento.

    É isso ai, precisam ser valorizados!

    ALOHA!

    Eve

    Comentário por Eve — 27/01/2011 @ 20:28

    • Oi, Eve! 😀 😀

      Eu realmente acho que os produtores de Hollywood estão de bobeira não dando o devido crédito, liberdade e salário aos seus escritores. Na TV, onde o “Ibope” é instantâneo, eles vêem claramente a diferença que faz entre ter um roteirista de primeira e um elenco e/ou diretor de primeira. Sem um bom roteiro em que se basear, eles não têm nada! Hollywood só vai repensar sua situação quando eles começarem a ter mais prejuízo do que lucro. O problema é que, mesmo fazendo bombas, eles têm lucros fabulosos, já que dominam o mercado cinematográfico mundial. É como pescar peixes num balde. Moleza. Enquanto isso não mudar, enquanto não houver um equilíbrio e maior distribuição das outras cinematografias, eles vão continuar mexendo nos roteiros, fazendo lixos e rindo da cara do público. E quem paga é a gente, em todos os sentidos.

      E repito suas palavras: Os roteiristas precisam ser valorizados!
      Falou e disse!

      ALOHA! =)
      Valéria Olivetti

      Comentário por valeriaolivetti — 30/01/2011 @ 01:38


RSS feed for comments on this post.

%d blogueiros gostam disto: