Dicas de Roteiro

29/12/2010

A Bíblia do Roteirista – Parte 12

Filed under: Roteiro — valeriaolivetti @ 10:39
Tags: ,

Oi, pessoal! Estou de volta depois de passar o Natal com uma gripe brabona, ainda tô meio-meio, mas doida pra voltar pro blog! :mrgreen: Então aqui vai mais um trecho do livro The Screenwriter’s Bible, escrito por David Trottier:

Árvore Genealógica - Norman Rockwell

Modelo de Análise Crítica

Aqui está uma exemplo de análise crítica feita pela analista de histórias e consultora de roteiros Leslie Paonessa.

RELATÓRIO DA HISTÓRIA

TÍTULO: O SEGREDO DA CAVERNA DO PONTO DE INTERROGAÇÃO      FORMATO: Roteiro de cinema

AUTOR: DAVID TROTTIER                                      PÁGINAS: 100

CERCA DE: Tempo presente                                   ENVIADO POR: Autor

LOCALIDADE: As Montanhas Rochosas                          ENVIADO PARA: Leslie Paonessa

                                                               DATA: 25/07/1996

GÊNERO: Drama familiar                                     ANALISTA: Leslie Paonessa

                                                           DATA: 30/07/1996

LOGLINE: Um garoto e seus amigos vão procurar por uma espada “mágica” que pertenceu ao seu bisavô, e no processo eles capturam um ladrão de banco que tinha sequestrado outra amiga.

                                     EXCLNTE        BOM        RAZOÁVEL        RUIM

CARACTERIZAÇÃO                                      X…………………………X

DIÁLOGO                               X…………………………………X

ESTRUTURA                             X

ORIGINALIDADE DA HISTÓRIA                           X

CENÁRIOS / VALOR DE PRODUÇÃO                        X

ORÇAMENTO:       _____  ALTO       _____  MÉDIO       __X__  BAIXO

RECOMENDAÇÃO:       __X__  SIM       _____  NÃO       _____  TALVEZ

O SEGREDO DA CAVERNA DO PONTO DE INTERROGAÇÃO

COMENTÁRIO

Esta é uma história incomum que atrairá um público familiar, especialmente as crianças. Ela tem elementos de fantasia, humor, e valores familiares contra um fundo de uma aventura divertida e emocionante. Tem um pouco de tensão dramática, ainda que um tanto simplista, mas que certamente irá capturar a imaginação das crianças conforme elas são envolvidas pela história e se identificam com os personagens.

SEEBEE, FEDIDO, RALPH e GLODINA são as crianças que vivem a aventura. Seebee é o nosso “herói” que vem de uma família muito problemática. O pai, FRANKIE, foi despedido de seu emprego e não faz quase nada além de assistir televisão. Ele é, na verdade, um viciado em TV, e isso não é de modo algum uma imagem positiva. Nós só descobrimos perto do final que ele já foi um artista criativo, e fortaleceria a sua caracterização se pudéssemos ver mais de sua luta interior. Sentimos que ele tem algum amor dentro de si quando ele quase entra no quarto de Seebee para se desculpar, mas não consegue. Talvez seu relacionamento com a mãe de Seebee, FREDA, pudesse ajudar. Ela está concentrada em todo tipo de ocultismo, então raramente ela se relaciona de uma forma carinhosa, maternal. Todos na história – vizinhos, Frankie, os policiais – acham que ela é maluca. Apesar dela fornecer um bom alívio cômico, poderia haver mais momentos pungentes através dela. É só no finalzinho que temos qualquer esperança de que Seebee consiga receber amor de sua família.

Como os personagens são óbvios, supomos que esta história seja para crianças, e para torná-lo um filme para um público mais amplo ajudaria se ele não fosse visado para um público tão jovem. Os adolescentes irão achar este filme infantil demais. O BANDIDO DO CHAPÉU VERMELHO nunca parece verdadeiramente maligno, e com certeza o escritor teve a consciência de não fazê-lo assustador demais para as crianças menores.

Seebee, como personagem principal, começa como uma vítima, mas então encontra o seu próprio poder. É uma transformação muito boa, e é através da ação que vemos ele ganhar força. Ele tem uma missão e entra de cabeça nela, ganhando a admiração de seus amigos conforme ele faz isso. Mesmo o seu pai tem que admitir que ele é um herói, e a união dos dois no final é muito satisfatória. Também vemos Frankie reconquistar o seu orgulho, mas isso poderia ser mais trabalhado em termos de fazê-lo um personagem mais complexo. Talvez uma das ocasiões dele assistindo televisão poderia ser cortada.

O ritmo da história é forte, especialmente quando saímos na pista com Seebee e amigos em busca da espada e de Glodina. É uma aventura excitante, e é escrita de um jeito bem visual. Poderia haver mais preocupação no front caseiro, com mais cortes intercalados para criar mais tensão.

Esta é uma história que poderia ser produzida com um orçamento modesto, possivelmente como uma alternativa para os enormes lançamentos de verão. É uma obra de conjunto para jovens atores e poderia ter um grande apelo para o público familiar.

O SEGREDO DA CAVERNA DO PONTO DE INTERROGAÇÃO

ARGUMENTO

SEEBEE LANCE, 11 anos, e seus dois amigos, FEDIDO MARANTZ e RALPH HARDY, brincam a sua brincadeira preferida como Aventureiros. A marca registrada de Seebee é a sua espada de madeira, e ele é mesmo proficiente em esgrima. Fedido usa um arco e flechas com pontas de borracha. Ralph é um garoto grande vestido de camuflagem. A brincadeira é interrompida quando a mãe de Seebee, FREDA, chama ele e sua irmã mais nova, VICKY, para casa.

Freda é um tantinho maluca, frequentemente preocupada com astrologia, leitura de cartas, e ocultismo. FRANKIE, marido e pai, acabou de ser demitido de seu emprego e passa a maior parte de seu tempo como um viciado em televisão. No piquenique da família no parque, Freda conta a Seebee sobre seu bisavô, o CAPITÃO SEBASTIAN COLE, de quem Seebee recebeu o nome. Ela também diz que ele tinha uma espada com poderes mágicos que pode ainda estar no sótão. Apesar de Seebee estar intrigado, Frankie o proíbe de entrar no sótão.

GLODINA SANCHEZ, 11 anos, tenta subir na casa da árvore usada pelos garotos. Todos, menos Seebee, objetam. Eles contam histórias de atos de bravura, mas Seebee é banido porque tem medo de pular do trampolim mais alto da piscina. Seebee e Glodina começam a se aproximar.

Seebee faz uma escada e a usa para subir no sótão, à noite. Ele descobre relíquias do Capitão Cole, inclusive um fascinante diário. Sob as cobertas, mais tarde, Seebee continua a ler o diário e fantasia sobre o Capitão Cole e a espada. De manhã, Seebee conta à Glodina a lenda sobre o seu xará, e que a espada está num lugar secreto chamado Caverna do Ponto de Interrogação. Ele também vê como uma família amorosa age, quando a mãe de Glodina o convida para um abraço matinal. Mais tarde, num esforço para se conectar com seu pai em relação a um programa de TV, Seebee acidentalmente enfia a sua espada na tela da televisão. Frankie fica furioso, e Seebee parte, magoado.

Seebee não pode pegar o pessoal do clube para ir com ele encontrar a espada, porque Fedido é o chefe que toma as decisões. Seebee é deixado com a Glodina, e ele está deprimido. Eles encontram o carro de Frankie na Rua Principal. Ele está no banco, tentando conseguir um empréstimo, quando o BANDIDO DO CHAPÉU VERMELHO entra com uma máscara de esqui vermelha, um boné e uma arma! Seebee e Glodina estão fazendo de conta de que eles são caminhoneiros no carro de Frankie. O Bandido do Chapéu vermelho pega o carro de Frankie para a sua fuga. O Bandido joga os sacos de dinheiro dentro do carro e empurra Seebee para fora, mas ele não vê Glodina no banco de trás até estar na estrada.

Seebee conta a Ralph e Fedido o que aconteceu, enquanto Frankie volta para casa e conta a Freda que seu carro foi roubado. Ele desconta sua raiva em Seebee, dizendo que ele roubou o diário do Capitão Cole. Ele quebra a espada de madeira de Seebee e o bane para seu quarto. Apesar de Frankie mais tarde sentir-se um pouco mal sobre isso, ele é incapaz de fazer qualquer coisa. Freda entra e tenta confortar Seebee, mas ela parece apenas recorrer ao seu tipo maluquete de espiritualismo.

Sozinho em seu quarto, mais tarde, Seebee reza por Glodina e pede que a sua espada seja abençoada para que ele possa salvá-la. Naquela noite, cada membro da família tem sonhos. O de Seebee faz ele aceitar o seu próprio poder e a necessidade dele ir salvar Glodina indo à Caverna do Ponto de Interrogação – guiado pelo Capitão Cole.

De manhã, Ralph entra pela janela do quarto de Seebee e ouve a história do sonho de Seebee, e do diário. Eles sobem no sótão para procurar pela espada e são quase pegos quando Frankie chega em casa. Eles se encontram mais tarde na colina, quando Fedido e os garotos estão vestidos para a ocasião, como Exploradores. Ralph até tem uma pistola de chumbinho.

Glodina está sentada num ambiente escuro dentro de uma caverna. O Bandido do Chapéu Vermelho saiu para pegar uns lanchinhos e trouxe alcaçuz para Glodina. Ele avisa Glodina para não tentar escapar.

Quando os garotos chegam ao cânion, Seebee consulta o diário e descobre o mapa para a caverna. Fedido o arranca da mão dele, mas Seebee defende-se e luta para pegá-lo de volta. Agora ele é o líder e leva os garotos através do precipício do rio agarrando-se em três raízes expostas, apesar de Ralph estar apavorado. Em casa, as mães descobrem que seus filhos sumiram. A POLÍCIA chega para falar com elas.

Seebee localiza a abertura oculta da Caverna do Ponto de Interrogação e é o primeiro a entrar, os pés primeiro. Então o Fedido e o Ralph entram, usando lanternas. Eles exploram mais a fundo e encontram as roupas do Bandido do Chapéu Vermelho num segundo ambiente! Eles então encontram os sacos de dinheiro e ouvem a voz de Glodina chamando-os. Eles a descobrem com cobertores, comida e água, apesar dela estar um pouco suja. Seebee é o herói dela.

Seebee pergunta a ela sobre a espada “mágica” do Capitão Cole, mas Glodina não a viu. Ele vê uma fenda e entra em outro ambiente, onde ele descobre o esqueleto do Capitão Cole, mas nenhuma espada. Ele cai de volta no lugar onde Glodina está e fica tonto, mas consegue dar uma pancada no rosto do Bandido quando ele aparece. Seebee desejava ter a espada agora enquanto ele e os outros garotos correm em direção à abertura da caverna. Seebee percebe que eles deixaram Glodina para trás. Quando a cabeça do Bandido surge do lado de fora, os garotos jogam pedras nele. Agora ele está realmente raivoso. Ele aponta uma arma para Fedido e Ralph, mas Seebee está acima, numa elevação. Ele finalmente pula – como temia fazer na piscina – e derruba o Bandido! Eles subjugam o Bandido e o nocauteiam. Glodina é resgatada, mas o Bandido volta a si e persegue os garotos trilha abaixo.

Em casa, Frankie vai até o sótão e descobre suas preciosas esculturas de madeira que ele foi incapaz de vender quando seu velho parceiro o fez assinar um papel proibindo-o. O COMANDANTE JONES tem certeza de que agora ele pode vendê-las, e Frankie parece recuperar seu orgulho. Ele também diz que sabe onde Seebee está. O Policial já tem homens no cânion procurando pelo Bandido do Chapéu Vermelho. Frankie sai correndo. As crianças param para fazer um plano para emboscar o Bandido. A arma de chumbinho de Ralph e outras armas primitivas atrasam o bandido.

Então Seebee usa a sua perícia na esgrima e a espada de madeira para forçar o Bandido para dentro de um rio caudaloso, onde ele quebra a sua perna. As crianças encontram Frankie, que está sendo perseguido por um POLICIAL PATETA que acha que ele é o bandido. Seebee dá ao seu pai um pouco do dinheiro roubado para repor o aparelho de televisão que ele quebrou, mas Frankie o devolve por uma questão de princípio. O Presidente do Banco recompensa todas as crianças.

Quando eles chegam em casa, Frankie vai até o sótão com Seebee e mostra a ele onde a espada está escondida. Ele a dá a ele, e a família está reunida. A vizinhança assiste enquanto Frankie consagra o seu filho cavaleiro, “Sir Sebastian”.

Rei Consagrando o Cavaleiro

Boa escrita pra você hoje! 😀

Anúncios

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: