Dicas de Roteiro

09/03/2010

Como Escrever um Roteiro de Documentário Histórico

Filed under: Documentário,Roteiro — valeriaolivetti @ 11:33
Tags: , ,

O artigo de hoje tem o mesmo título do post, e foi escrito pelo usuário Zenobia2000 para o site eHow. Eis a tradução dele:

Se você é do tipo de pessoa que ama ver a história voltar à vida, este deve ser o trabalho certo para você. Por favor, note que estas diretrizes são para escrever as reconstituições históricas para um programa de uma hora, que é dividido em cinco atos. Você também deveria estar preparado para repetir a maioria dos passos abaixo (também conhecidos como revisão) enquanto trabalha com a sua companhia produtora para produzir um documentário histórico informativo e excitante.

Coisas de Que Você Precisará:

– Livros sobre o período histórico.

– Uma companhia produtora com quem trabalhar.

Instruções:

1- Faça pesquisa. Durante esta fase você não só irá anotar os maiores acontecimentos e os temas que surgirem, mas também irá começar a estreitar o seu foco. Isto significa decidir qual período de tempo o seu roteiro irá cobrir, quais os maiores acontecimentos que serão incluídos e quem serão os seus personagens principais.

2- Crie um resumo. Isto não é uma linha do tempo, apesar de que você pode se basear em uma. Ao invés disso, é o lugar onde você irá traçar o arco de sua história e começar a organizá-la em cenas imaginadas, e dividir estas cenas em atos. Escreva uma ou duas linhas descrevendo onde se passará a cena, o que acontecerá, e qual será o objetivo geral da cena.

3- Escreva um tratamento. Para cada cena de seu documentário histórico, escreva uma descrição mais completa dos cenários e da ação. Então escreva um par de frases descrevendo o que o narrador e os estudiosos dirão sobre a cena. É nesta fase que você irá querer avaliar o quadro geral. O espectador tem um ou vários personagens com quem se importar? O roteiro está com um ritmo bom? Surgiram alguns temas?

4- Escreva perguntas para entrevistar especialistas. Dê uma olhada no seu tratamento para determinar sobre o que você quer que os especialistas falem. Escreva perguntas de entrevista que irão levar a estas respostas. Assegure-se de que as suas perguntas sejam de certo modo amplas o suficiente para que o especialista tenha a chance de dar uma resposta elaborada. Você poderá conseguir informações que irão levá-lo a mudar certas cenas ou ideias.

5- Escreva uma versão do roteiro para filmagem. (N.T.: Acredito que uma versão final padrão de roteiro seja melhor, mas sempre pode-se escrever juntamente com o diretor uma versão para filmagem). É este roteiro que o seu diretor irá usar para filmar as cenas de reconstituições históricas. Isto significa que você precisa assegurar-se de que as suas descrições de cena sejam tão detalhadas, acuradas, variadas e excitantes quanto possível. Você irá agora escrever a narração definitiva, inserir pedaços de entrevistas com especialistas, e determinar a duração de cada cena e de cada ato.

6- Procure por obras de arte. Apesar dos documentários de reconstituições históricas se basearem principalmente em cenas filmadas, você também pode ter a oportunidade de trabalhar com algumas imagens de edifícios, de figuras históricas, de obras de arte da época ou de obras que representem a época. Você precisará pesquisar bancos de dados de arte histórica e trabalhar com os seus produtores para determinar como comprar os direitos de uso destas obras de arte.

7- Escreva o roteiro de edição (N.T.: Novamente, esta versão do roteiro deve ser escrita em conjunto com o diretor e o editor). A última fase do processo envolve escrever para o filme, o que significa que você irá ver as cenas filmadas definitivas (que nem sempre combinam com as suas descrições de cenas originais) e então você irá reescrever a narração (e, possivelmente, reorganizar os trechos de entrevistas com os especialistas) para combinar com a filmagem.

Dicas e Avisos:

Termine cada ato com o melhor gancho possível.

Lembre-se de que o seu roteiro provavelmente irá incluir mapas — insira-os nas cenas com descrições e narração.

Assegure-se de perguntar quais foram as lições aprendidas com este período ou figura histórica. Isto lhe ajudará a desenvolver o foco temático.

Durante a fase de pesquisa você deveria procurar por pistas sobre o que as pessoas da época comiam, vestiam, faziam em seu tempo livre, em que tipo de casas elas viviam, como elas se deslocavam, e assim por diante. Estes detalhes irão se mostrar inestimáveis quando você for escrever as cenas.

Não tente cobrir coisas demais. Você precisará simplificar a sua história ou se arriscará a confundir o seu público.

Nem sempre os historiadores concordam uns com os outros, o que significa que você tem a responsabilidade de consultar múltiplas fontes para determinar qual é o consenso geral. Isto também significa que você terá alguma liberdade de escolher a versão da História que seja a mais excitante e que se encaixe melhor no arco de sua história.

Boa escrita para você hoje! Com muita inspiração!!

Anúncios

2 Comentários

  1. Muito bom!!

    Comentário por elisane — 22/02/2011 @ 15:36


RSS feed for comments on this post.

%d blogueiros gostam disto: