Dicas de Roteiro

08/12/2009

Como sobreviver em um filme de terror – Parte 3

Filed under: Roteiro — valeriaolivetti @ 11:14

Hoje voltamos a falar sobre clichês de filmes de terror. Clichês em geral devem ser evitados mas existem uns poucos casos em que eles são não apenas desejáveis como imprescindíveis.  Nora Ephron, roteirista e diretora de várias das comédias românticas de maior sucesso de Hollywood (Harry & Sally – Feitos Um Para o Outro, Mensagem Para Você, Sintonia de Amor, e o mais recente  Julie & Julia) disse numa entrevista que o único clichê que ela conhece que nunca, jamais deve ser quebrado é o final feliz de uma comédia romântica. Porque o público espera e anseia por isso e se você não dar a ele o que ele espera, seria como uma quebra de promessa. Eles pagaram o ingresso na esperança de rir e ter um final romântico feliz. Você poderia reverter essa espectativa em qualquer outro gênero de filme, menos numa comédia romântica.

Como sobreviver em um filme de terror – Parte 3

22-Você acabou de entrar no seu carro zero quilômetro (ou recém-revisado) e está pronto para partir. O que você fará em seguida? Olhará no espelho retrovisor, ou olhará para trás para dar a marcha à ré e sair da vaga do estacionamento. Não faça isso. Você tem poucos segundos entre entrar no carro e olhar para trás e descobrir o psicopata lá. Aproveite estes poucos segundos antes de ter seu pescoço quebrado ou sua garganta cortada, quando você ficará incapacitado de falar (e de respirar) para conversar com o psicopata. Fale consigo mesmo supondo que ele já está lá. Ofereça a ele uma sociedade num desmanche ilegal de carros. Todo psicopata parece ter feito um curso avançado para roubar carros. Eles conseguem entrar de fininho em qualquer marca de carro sem ativar o alarme, sem quebrar o vidro, tudo na maior discrição. Ofereça então a ele uma mudança em seus hábitos criminosos. Ao invés de sair matando todo mundo pela frente e não lucrar nada com isso, abram juntos um negócio de desmanche. Será um grande lucro para os dois! (Se ele aceitar, caso contrário você está ferrado). Por isso…

23-Ande de ônibus. Psicopatas têm fobia de ônibus. Eles não gostam daquele aperto da lotação, do saculejo que embrulha o estômago, do penetrante perfume de desodorante vencido no ar, dos motoristas estressados, dos tarados de plantão. Ande de busão e viva mais! Se você conseguir sobreviver a estas condições citadas. Senão…

24-Compre uma bicicleta. É excelente para a saúde e a melhor opção de transporte ao lidar com um psicopata. Você terá mais chances de sobreviver, desde que seu pneu não esteja murcho ou furado. E que você não seja atropelado pelo caminhão do psicopata (e isto inclui todos os psicopatas do trânsito das grandes cidades).

25-Nunca entre numa casa abandonada, mesmo que esteja no meio de uma tempestade, congelando, ferido ou desesperado por ajuda. Sente-se na entrada e espere. Se a porta da casa se abrir sozinha, saia correndo. Não cometa a insanidade de se sentir bem-vindo e entrar naquele ambiente acolhedor. Caso queira entrar…

26-Aprenda latim. Todos os espíritos demoníacos têm uma preferência clara por falar em latim. Assim, se você precisar pedir clemência para o seu mais novo encosto, seja simpático e fale na língua dele. Você terá uma pequena chance de ele se emocionar e deixá-lo partir.

27-Seja sempre o protagonista. Qualquer outro personagem servirá de repasto para o monstro. Se você for uma criança medrosa, uma garota alienada, um negro ou parte de qualquer minoria, tem o dobro de chances de ser morto logo no começo. Acho melhor nem pensar o que aconteceria com uma garota negra, judia, estrangeira, alienada e medrosa. Se ela for gostosa, então, tá ferrada. Nota: Hitchcock reverteu esta expectativa no filme Psicose (1960). A atriz que morre na famosa cena do chuveiro logo no começo era famosa na época, e todo mundo esperava que ela fosse a protagonista e que sobreviveria até o final. Quando isto não aconteceu, foi um choque para a platéia. Hitchcock reverteu o clichê a seu favor.


28-Armas de fogo. Nem precisa aprender como usá-las. Todo mundo saberá manejá-las perfeitamente num filme de terror. Mas enquanto o vilão terá munição infinita, a sua acabará antes que você perceba. E não adianta perder seu tempo com armas. Se atirar mil vezes num psicopata ele sobreviverá assim mesmo para voltar a lhe perseguir ou, se ele já estiver enjoado de brincar com você, para voltar no próximo filme, com carne nova no pedaço.

29-Vista-se com discrição. Aliás, vista uma burka. Todo filme de terror tem pencas de jovens seminuas (ou nuas mesmo) que morrem logo, mesmo não fazendo sexo pré-marital. É tentação demais para o pobre psicopata.

30-Aprecie a decoração do serial killer. Você descobre e invade o esconderijo do cara e nem elogia a decoração que ele demorou tantos anos para produzir? Todas aquelas colagens nas paredes, recortes de jornais, fotos de antigas e futuras vítimas, bichos empalhados, cabeças de bonecas espalhadas, desenhos psicodélicos, você acha que foi fácil de fazer? Uma refinada decoração ali para ser admirada, e tudo o que você consegue dizer é: “Oh não!, eu estou no topo da lista das próximas vítimas!”. Muita falta de educação de sua parte, não me admira que ele queira lhe matar.

Compre a mais nova decoração de terror para seu lar doce lar e deixe suas visitas de queixo caído:

31-Nunca durma. Você tem coisas melhores para fazer, como correr para salvar sua vida. E, se dormir, pode ser que sua vida esteja em perigo dentro de seus sonhos. O pior de tudo: o filme de terror todinho em que você estava vivendo não passar de um pesadelo do qual você acordará e verá que está tudo bem. Neste caso, mate o roteirista.

Para ler as partes anteriores, clique nos links abaixo:
Como sobreviver em um filme de terror – Parte 1
Como sobreviver em um filme de terror – Parte 2

São tantos os clichês de filmes de terror que eu ficaria aqui eternamente apenas listando-os, mas este não é o objetivo deste blog (o que é uma pena, pois fazer esta lista foi divertido). Como roteirista, preste muita atenção se está caindo no senso comum e reverta isto. Roteiristas preguiçosos, principalmente americanos, jogam toneladas de roteiros previsíveis nas mãos dos produtores todos os anos. E aqueles filmes que achamos super ridículos foram escolhidos como os melhores da pilha de roteiros, estão entre aqueles poucos dignos de serem produzidos. O pior é que mesmo sendo patéticos, eles geram lucro, que é a razão de continuarem sendo feitos. Como nós, brasileiros, não temos o monopólio de mercado do cinema mundial, precisamos ser criativos e originais, fugindo de clichês como o diabo foge da cruz, para merecermos nosso lugar ao sol.

Muita inspiração e boa escrita para você!

Anúncios

18 Comentários

  1. oi

    Comentário por leonardo pereira — 06/02/2010 @ 12:01

  2. Olá! Obrigada por passar por aqui, e obrigada pelo oi, Leonardo! Volte sempre!

    Comentário por valeriaolivetti — 07/02/2010 @ 08:54

  3. tem outros clichês que devem ser combatidos mesmo, como:

    32)”Não suba para o segundo andar da casa quando estiver fugindo do assassino / monstro, pois será mais difícil sair da casa, Piora se você entrar no armário do quarto.”
    33)”Sempre verifique se o assassino/ monstro foi realmente morto, atire na cabeça e peito várias vezes e queime se possível.”
    34)”Acredite ou pelo menos leve em consideração uma análise mais profunda quando seu filho alegar ter um amigo imaginário, desenhar sua família ou conhecidos mortos, dizer que o boneco fala com ele, estar introspectivo demais ou frequentemente próximos de cenas de crimes no momento do occorido.”
    35)”Sempre verifique embaixo de camas, mesas e sob escadas, pois o assassino pode agarrar seu pé quando você menos espera.”
    36)”Não tenha cortinas em sua banheira, jamais.”

    Comentário por fagner — 28/02/2010 @ 01:28

    • Olá, Fagner!

      Adorei a sua contribuição para a nossa lista! Muito bem observado! Quantos aos clichês, eu comentaria o seguinte:

      32)Subir para o segundo andar e se esconder no armário, sem telefone, nem nenhum meio de comunicação, é um tiro no pé que muitos personagens sem cérebro cometem mesmo. Acho que pior que isso, só esconder-se no porão (fica muito mais difícil fugir dali, não é mesmo?). A não ser que você tenha um janelão por onde sair. Neste caso fica super fácil para os psicopatas entrarem!

      33)Acho que já tentaram esta estratégia nos filmes da série Sexta-Feira 13, Halloween e similares, onde o protagonista/psicopata é imortal. Não adianta afogá-lo, esfaqueá-lo, atirar nele, jogar ácido, incinerá-lo, pisotear nele, nem nada. Acho que só uma bomba atômica resolveria o caso. Ou o indivíduo vira pó ou ainda terá pedacinhos dele correndo atrás das garotas boazudas dos filmes, querendo levar elas pro saco (no mal sentido)!

      34)Ter o filho fazendo desenhos mórbidos e falando com amigos imaginários já é bastante assustador, mas tê-lo perto de cenas de crime, aí já é demais para o coração! Eu mandaria fazer um exame de DNA imediatamente. Se o menino(a) fosse filho de alguém que não fosse o meu namorado ou marido, eu sairia correndo (essa é sempre a minha melhor tática de sobrevivência!). Se ele for filho do chifrudo (não, não me refiro ao marido), é melhor não hesitar e deixar a maior distância possível entre eu e ele! No Japão ou na China eu estaria mais (ou menos) segura! Se bem que, pensando melhor, seria mais inteligente chamar um exorcista antes, vai que o avião cai logo após decolar! Esta é uma daquelas situações bem difíceis de se solucionar!

      35)A melhor coisa é ter aquelas camas com gavetões embaixo. Você ganha espaço para guardar os seus cobertores e ainda evita essas situações apavorantes. O mesmo vale para as escadas. Prefiro aquelas que têm espelho, ou seja, não são vazadas, elas têm aquela parte vertical do degrau que impede que esses psicopatas tarados por pés fiquem no nosso pé. Quanto à mesas, nem aquelas de japonês, baixinhas, resolvem, pelo contrário, você tem o corpo mais exposto com elas e ainda fica mais difícil de se levantar e sair correndo. O melhor é não olhar. Uma vez, quando eu era criança, eu estava jogando cartas com meus amigos e senti uma cosquinha na perna. Na hora eu pensei que era uma amiga que estava me provocando por debaixo da mesa, mas ela jurou que não era. Quando olhei, era um baita baratão cascudo, que já estava na altura do meu joelho! Às vezes é melhor olhar! Ou sair correndo antes e olhar depois!!

      36)Concordo plenamente! Cortinas são muito bregas! O ideal é só tomar banho de banheira de hidromassagem, com bastante espuma e sais aromáticos. Se você não puder evitar o psicopata, pelo menos vai morrer no banheiro em grande estilo!!

      Amei o seu comentário, Fagner, por favor, volte sempre!

      Um abração,
      Valéria Olivetti

      Comentário por valeriaolivetti — 01/03/2010 @ 02:45

  4. o loko ki medo de algumas das fotos hahaha akela do bebe é foda e da mto medo e eu recomendo um filme de terror chamado: Grace
    FRASE DA CAPA: Quando a criança de seus sonhos se torna um pesadelo…
    sipnose: depois de um casal tentar ter filhos muitas vezes, quando finalmente a esposa engravida ela e seu marido sofrem um grave acidente q leva a morte do marido e ao sangramento da barrida da esposa q pensa q perdeu o bebe. Mas depois sua linda garotinha nasce com vida o pesadelo começa.
    axo q é assim sei lá mas é bem legal!! vc leva cada susto q deus me livre!!!

    Comentário por doida?eu?? magina....SAARAHH — 21/03/2010 @ 03:27

    • Olá!!

      Para se ter instinto maternal com aquele bebê, só se a mãe for aquela da foto lá de cima! Cruzes!! 😮 Tô fora!! 😮

      Gostei da indicação de filme, vou caçá-lo para assistir logo! Tem um outro que não é de bebê, mas tem filha envolvida, e chama-se A Órfã (Orphan, 2009), você assistiu? Essas crianças malignas sempre me dão nos nervos, não dá para se livrar delas facilmente, né não?!

      Um grande abraço, e muito obrigada por ter passado por aqui, valeu mesmo!
      Valéria Olivetti

      Comentário por valeriaolivetti — 21/03/2010 @ 08:44

  5. eu gosto de filme de terror,cómedia e acção

    Comentário por justin beiber — 13/11/2010 @ 16:04

  6. amei essas fotos mas eu prefiro 100 vezes ouvir e ver fotos do justin bieber porque essas fotos aqui estao iradas muito terror imagina ver o filme ninguem consegue dormir a noite mas eu ja vi os filmes sao muitos legais mas tambem muito terror gostei muito do filme espero ver mas terror mas por enquanto prefiro os de comedia romance e muito terror beijosss valeu

    Comentário por jasmin bieber — 14/12/2010 @ 10:16

  7. gostei muito parabens beijosss

    Comentário por jasmin bieber — 14/12/2010 @ 10:17

    • Olá, Jasmin!

      Que bom que você gostou! Não precisa se justificar, tem horas que a gente está mais pra assistir comédias, tem horas pra romance e tem a hora certa pra assistir terror, tudo a seu tempo! 😀 É só ouvir o que o nosso corpo está pedindo: gargalhadas, suspiros ou frio na barriga?

      Um beijo grande, Jasmin, pra você e todos os(as) fãs de Justin Bieber que também parecem gostar muito de filmes de terror! :mrgreen:
      Valéria Olivetti

      Comentário por valeriaolivetti — 14/12/2010 @ 11:26

  8. Quando vc se determina a assistir alguns filmes como eu nas décadas de 70 e 80… Bem, p.ex., O Exorcista, vc pensa que está assistindo a uma comédia, e aí ri muito, ri a todo instante, e fala da engabelação… Cheguei em casa e fui tomar um banho, e aí lembrei que esqueci da toalha no quarto! Então chamei a minha mãe – mãeeeeeeeeeeeee! Traz a tolha pra mim! E ele veio e bateu na porta – tina, tina pega a toalha, e eu abri a porta, e ela achou de jogar a toalha, e com isto, a dita bateu no interruptor apagando a luz e eu GRITEEEEEEEEEI AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH FIQUEI TÃO APAVORADA QUE PARECIA QUE AQUELE DEMÔNIO GELADO TINHA SE ENROLADO EM MIM. AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH

    Comentário por MARIA VALENTINA SENA E SILVA — 23/01/2011 @ 00:26

  9. COMECEI A LER ÉRICO VERÍSSIMO, O LIVRO ESTAVA FRESQUINHO, TINHA ACABADO DE SAIR DA FRIA PRATELEIRA DO CONJUNTO NACIONAL, AQUELE QUE PEGOU FOGO UMA VEZ. DE VOLTA PARA CASA, LENDO-O NO ÔNIBUS (COM O RISCO DE TER A RETINA DESLOCADA – UÁH! EU NÃO SABIA DISSO!)FUI LENDO, LENDO, JUSTAMENTE A PARTE EM QUE OS CADÁVERES, DO LIVRO “INCIDENTES EM ANTARES”, RECÉM ESCRITO PELO “CARA” ÉRICO V.,SAIAM DO CEMITÉRIO APÓS TEREM RESSUSCITADOS! EUI SENTADA E UMA PESSOA DE PÉ A MEU LADO EXALAVA O CHEIRO MISTO DO PROMISCUO ODOR DA MORTE. EU QUASE VOMITAVA. OS CADÁVERES ENCARNARAM NA PESSOA! ISSO PARECIA UM FILME, UM FILME DE TERROOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOODOR, EM MEIO DO HORROR DE PASSAR MALLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL…

    Comentário por MARIA VALENTINA SENA E SILVA — 23/01/2011 @ 00:49

    • 😆 😆 😆

      Olá, Tina, seja bem-vinda! :mrgreen:

      Muito divertidas as suas experiências de terror, a primeira já aconteceu comigo (algumas vezes!), quando eu vi um filme que eu xinguei até não poder mais de tão ruim e risível, mas quando fui dormir, fiquei com os olhos abertos feito coruja, sem conseguir relaxar, assustada com qualquer barulhinho ou luz/reflexo que batesse na janela. Isso é o ó, não concorda? Eu fiquei com medo E com ódio de mim mesma por ter ficado com medo!! Ai, ai (suspiro).

      Já o segundo caso, encontrar gente com cheiros suspeitos dentro do ônibus lotado é a regra, e não a exceção. Mas acho que a maioria é mistura de suor e budum pelo calor intenso com cheiro de desodorante vagabundo vencido mesmo. :mrgreen:

      Um beijo grande, Tina, e obrigada pela mensagem, adorei! 😀
      Valéria Olivetti

      Comentário por valeriaolivetti — 23/01/2011 @ 11:23

  10. eses felmes e de bota medo em?????

    Comentário por jenyff — 27/01/2011 @ 18:55

    • Com certeza, e por isso que são tão legais, né? 😉 😀

      Comentário por valeriaolivetti — 29/01/2011 @ 21:33

  11. oi eu assiti jogos mortais e muito louco ,

    Comentário por Ana@$# — 17/02/2011 @ 13:24

    • Se você gostou do estilo, por que não aproveita a inspiração e escreve o seu, Ana? Que tal? 🙂

      Comentário por valeriaolivetti — 18/02/2011 @ 09:18


RSS feed for comments on this post.

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: