Dicas de Roteiro

03/12/2009

Um roteiro não é um livro

Filed under: Roteiro — valeriaolivetti @ 10:53

Isso pode parecer óbvio, mas muitos dos erros cometidos por roteiristas principiantes surgem dessa confusão. O que é perfeitamente normal. Afinal de contas, escritores costumam ler muitos romances, livros de contos e ficção em geral. Mas raramente lêem roteiros. Porque quem lê roteiros são produtores, diretores e atores que procuram por um trabalho novo; roteiristas acham que não precisam ler os trabalhos dos outros. Mas precisam, e muito.

“Ah, mas eu assisto a muitos filmes! Então já conheço a linguagem do roteiro” – pode-se dizer. Mas um filme não é um texto. Você pode até ler as legendas dos diálogos, mas não é a linguagem do roteiro, é uma obra pronta. Assistir filmes é importante e facilita o trabalho do roteirista de muitos modos, mas se você quiser dominar a técnica de escrever roteiros, precisa se esforçar para lê-los. É meio chato, admito. Um roteiro não é leve, prazeroso e divertido de ler como um livro. Para quem está começando, pelo menos. Depois que se acostuma, pode-se até se distrair lendo bons roteiros.

A linguagem de um roteiro é muito específica e pensada especialmente para facilitar o trabalho das pessoas que o transformarão em filme. Portanto, ao escrever você precisa deixar claro o que o espectador deverá ver, ouvir, sentir. Você precisa pensar na história e nos diálogos, mas também no cenário, na interpretação do elenco, na iluminação, na música. Você não pode ser explícito em nenhuma dessas circunstâncias, você não vai fazer o trabalho do diretor, do ator ou do fotógrafo, mas deve colocar todas as informações necessárias para que esses profissionais consigam trabalhar bem, de acordo com a história que você criou e com a mensagem que deseja passar.

Explicarei os detalhes sobre todos os erros cometidos quando transferimos a linguagem de um romance para um roteiro em outras dicas. No momento quero apenas sugerir muita leitura para a familiarização com a linguagem cinematográfica. Este excelente site brasileiro tem roteiros grátis em português, inclusive de séries televisivas e alguns capítulos de novela (que são raros de achar na Internet): http://www.roteirodecinema.com.br/

Vale a pena também conferir o site todo, tem muitas informações valiosas.

Para quem quer mais, existem sites em inglês com muitos roteiros de filmes e seriados americanos. Mesmo que seu inglês não seja lá essas coisas, é bom passar uma vista nos roteiros. Assim ao menos dá para captar o tamanho dos diálogos, das descrições, o ritmo entre as falas dos personagens e a formatação do texto. É um bom complemento. Para quem sabe inglês, sugiro ler uns 2 por mês (se conseguir 1 por semana, melhor ainda). Ao ler, aprendemos com o trabalho dos outros até mesmo subconscientemente, e sem perceber já passamos a escrever mais naturalmente.

Aqui vão os links para dois sites com scripts em inglês:

http://dailyscript.com/index.html

http://www.joblo.com/moviescripts.php

Aqui está um exemplo de página de roteiro em PDF:

https://dicasderoteiro.files.wordpress.com/2009/12/exemplo_pagina_de_roteiro.pdf

Dentro destes sites existem muitos links para vários outros com roteiros grátis. Material de pesquisa é que não vai faltar. Leia em primeiro lugar roteiros que sejam do mesmo gênero do seu (terror, drama, ação etc). Isso facilitará seu trabalho.

Também é legal ler o roteiro de um filme antes de assisti-lo. Isso vai lhe dar a idéia de como um roteiro é transfomado ao passar de uma linguagem para outra. Muitas vezes muda radicalmente, para melhor ou para pior. Mas o que eu gosto mesmo é de pegar roteiros de filmes que eu gosto, aqueles a que eu assisti ao menos duas vezes. Lendo o roteiro a nossa percepção daquela obra se amplia imensamente. Passamos a enxergar o filme com os olhos do criador da história e como ele queria contá-la. É muito interessante e elucidativo.

Boas leituras e boa escrita pra você!

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: