Dicas de Roteiro

04/10/2011

Como Formatar Um Roteiro de TV

Filed under: Roteiro — valeriaolivetti @ 12:20
Tags: , ,

Eita! O artigo de hoje sofreu muitos percalços, demorou bastante, mas enfim saiu! Gargalhando Ele foi tirado do site Script Frenzy:

televisao (3)

Uma vez que conheça o básico de roteiros de TV, você verá que a formatação é simples. Antes de digitar uma palavra, você vai precisar começar por…

ESCOLHER O SEU FORMATO
Ao contrário dos longas cinematográficos, diferentes estilos de programas de televisão requerem formatação diferente. Se você estiver escrevendo um roteiro de especulação (veja INTRODUÇÃO À ESCRITA PARA TV), então gaste algum tempo procurando um roteiro completo do programa escolhido antes de começar a escrever. Quase todos os episódios televisivos são formatados de forma ligeiramente diferente, e você deve certificar-se de copiar o mais fiel possível o formato do seu programa em particular. Modelos de muitos programas de TV novos também podem ser encontrados dentro de softwares profissionais de roteiro; portanto, se você está trabalhando com o Final Draft ou o Screenwriter, você pode checar para ver quais programas de TV já estão inseridos no software.

Para aqueles de vocês escrevendo um piloto original, ou descaradamente seguindo em frente com um roteiro de especulação com ou sem um modelo de roteiro do seu programa, você precisará começar decidindo se o seu programa é um DRAMA, um FILME DE TV, ou uma COMÉDIA DE SITUAÇÃO (SITCOM). Cada um destes formatos é estruturado de maneira diferente, e estão descritos a seguir.

DRAMA
Dramas são quaisquer programas que vão de meia hora a uma hora de duração, que são sérios em seus tons, e hoje em dia tendem a ser filmados de uma forma mais cinematográfica. Programas como Família Soprano e Mad Men, assim como CSI: Miami e Dexter, são todos dramas. Nos últimos anos, um número crescente de comédias planejadas para serem rodadas num estilo cinematográfico, ao invés de na frente de uma plateia no estúdio, também foram roteirizadas de acordo com a estrutura dramática, então você tem um bom grau de flexibilidade no modo como escolhe abordar o seu piloto original.

Estrutura dramática de televisão é quase idêntica à estrutura de escrita de roteiro de longa cinematográfico, com algumas diferenças importantes. Para começar, primeiro releia a parte 7 da "INTRODUÇÃO À ESCRITA PARA TV", onde afirma-se que programas de uma hora de duração geralmente são estruturados como segue:

    teaser—comercial—Ato I—comercial—Ato II—comercial—Ato III—comercial—Ato IV—comercial—tag

Agora, vamos começar:

1- Como em todos os roteiros, o seu drama deve ser escrito em fonte Courier tamanho 12.

2- Todo roteiro de TV deve começar com uma transição, tal como "FADE IN", "FROM BLACK" [A partir da tela negra] ou "COLD OPEN" [Abertura fria]. Isso deve ser alinhado à margem esquerda da página, deste modo:

formato_tv

3- Dois espaços abaixo da sua transição deve estar o CABEÇALHO do seu TEASER, também conhecido como CABEÇALHO DE CENA. Agora a sua página deve ficar mais ou menos assim:

formato_tv2

Cabeçalhos são compostos por estes três elementos:

  1. INT. ou EXT. Abreviação de interior e exterior. Se for ambos, tal como quando um policial bêbado é jogado pela porta de seu bar favorito, você pode escrever INT./EXT.
  2. Localização. Onde a cena ocorre. Estas devem ser curtas, e evite a descrição emotiva. Não é INT. SUPER MANEIRO BAR TEMÁTICO ESPORTIVO DE 1970, apenas INT. BAR. Não se preocupe, haverá espaço para a parte divertida mais tarde.
  3. Hora. Normalmente só DIA ou NOITE, mas também pode ser um momento específico, como 15:00h, se for um detalhe importante para o enredo. Não use demarcações como CREPÚSCULO, MANHÃ, MEIA-NOITE, ou MAIS TARDE. Mais uma vez, guarde isso para a próxima seção.

Cabeçalhos são sempre em MAIÚSCULAS. Normalmente existem dois espaços entre INT./EXT. e a LOCALIZAÇÃO e, em seguida, espaço, hífen e espaço entre LOCALIZAÇÃO e HORA.

Ocasionalmente, você precisará de uma SUBLOCALIZAÇÃO para esclarecer o local. Estes se assemelham:

    INT. COLÉGIO/SALA DO ZELADOR – DIA

Ou:

    INT. COLÉGIO – SALA DO ZELADOR – DIA

Um novo cabeçalho é necessário toda vez que você mudar a localização, portanto você escreverá um monte desses!

4- A seguir vem o BLOCO DE AÇÃO do seu TEASER. Aqui é onde você pode preencher os detalhes de sua localização e explicar o que seus personagens estão fazendo AGORA. A ação é sempre escrita no tempo presente e na maioria dos casos segue as regras-padrão de letras maiúsculas e pontuação. É sempre alinhada à esquerda, e fica assim:

formato_tv3

Toda vez que um PERSONAGEM for apresentado pela primeira vez em seu roteiro, o nome do personagem deve estar em NEGRITO* e, em geral, a IDADE ou FAIXA ETÁRIA do personagem deve ser colocada entre parênteses à direita dele. Por exemplo:

* [N.T: O texto original diz que, em sua primeira aparição, o nome do personagem deve estar em negrito, mas no modelo que ele mostrou o nome estava apenas em MAIÚSCULAS.]

formato_tv4

Observe a DESCRIÇÃO do personagem que se seguiu à sua apresentação. As descrições do seu personagem podem ser tão detalhadas quanto você quiser, mas evite fazê-las tão longas que interrompam o impulso do seu roteiro.

5- Quando estiver pronto para um personagem começar a falar, mova dois espaços para baixo e recue 5,6 cm (2,2 polegadas) a partir da margem esquerda. Esta é a mesma margem utilizada na estrutura do roteiro de cinema, então sinta-se à vontade para usar os formatos pré-definidos de qualquer programa de roteiro de computador.

[N.T.: Veja o post sobre formatação de roteiro cinematográfico: parte 1parte 2]

Digite o nome de seu personagem em NEGRITO*, assim:

formato_tv5

Às vezes, você terá personagens secundários que pode não querer nomear, ou um personagem "secreto" que não revelou a sua identidade. Nestes casos, não há problema em chamá-los de FUNCIONÁRIO, PEDESTRE, ou ESTRELA DO ROCK. Se houver vários dos mesmos tipos de personagens, adicione um número: ESTRELA DO ROCK Nº 1 ou PEDESTRE Nº 2.

6- Você está preparado agora, e pronto para dar ao seu personagem uma voz! O diálogo fica imprensado dentro de uma janela de 2,5 cm (uma polegada) a partir da margem esquerda, a 5 cm (duas polegadas) antes da margem direita. Fica assim:

formato_tv6

Note que nos blocos de ação depois do diálogo as palavras NOTAS SOLTAS DE DINHEIRO e PESSOAS estão em maiúsculas. Qualquer palavra que descreva uma ou mais pessoas, tal como MULTIDÃO, PESSOAS, CRIANÇAS ou ZUMBIS deve sempre ser colocada em maiúsculas, assim como quaisquer adereços fundamentais e palavras que descrevam sons, como THUMP, BOING, ZING, ou WHOOSH.

Em certos momentos, é igualmente adequado escrever as AÇÕES em maiúsculas para dar ênfase especial, tal como:

    Ele ATIRA-SE para dentro da sala.

Ou:

    O carro ACELERA ao virar a esquina.

Se quiser que o diálogo seja falado com uma ênfase especial, você pode recuar mais 1,5 cm (0,6 polegadas) (ou uma tabulação) na linha diretamente abaixo do nome de um personagem, e adicionar a sua instrução:

formato_tv7

Uma rubrica também pode ser usada ​​para esclarecer com quem uma pessoa está falando, ou sobre quem eles estão falando. Por exemplo:

    (para a VOVÓ)

Ou:

    (re: JIMMY)

      [N.T.: re: é uma abreviação inglesa que significa em referência a, no caso de, concernente a. Em português, costuma-se ver a abreviação ref. de referente a em dicionários e livros, mas desconheço se é usado assim em roteiros.]

      Se a descrição dentro de uma rubrica for mais longa do que umas poucas palavras, tente movê-la para fora do parênteses e para o bloco de ação anterior ao diálogo.

      A última coisa que você precisa saber sobre diálogo é como lidar com um VOICE OVER [narração em off], ou uma situação em que um personagem não pode ser visto pela câmera, mas é ouvido falando OFF SCREEN [fora da tela]. Isso é fácil. Basta adicionar as iniciais (V.O.) ou (O.S.) diretamente à direita do nome de um personagem, como em:

        MACK (V.O.)

      Ou:

        ROBOCOP (O.S.)

      7- Se você precisar cortar para uma nova cena, simplesmente pule duas linhas e adicione um NOVO CABEÇALHO para a próxima cena:

      formato_tv8

      8- No FINAL DO SEU TEASER, tabule até o INÍCIO DA PRÓXIMA PÁGINA. Na próxima folha limpa, centralize as palavras ATO UM no topo da página:

      formato_tv9

      Alguns escritores também escolhem sublinhar ATO UM, mas você não precisa fazer isso, a menos que esteja escrevendo um roteiro de especulação e copiando a formatação de outra pessoa.

      Após o seu título ATO UM, desça TRÊS ESPAÇOS e escreva o seu primeiro CABEÇALHO DE CENA deste ato. É raro usar uma transição após a página um do seu roteiro, mas você certamente pode fazer isso, se sentir que precisa dela.

      Após isso, simplesmente avance do princípio ao fim de seu ato, utilizando todas as normas de formatação discutidas acima. Você está arrasando, baby!

      Aliás, você já notou, ao assistir o seu programa de TV favorito, que à medida que o programa avançava, os intervalos comerciais se tornavam mais longos e a parte boa entre eles ficava mais curta? Bem… isso foi planejado.

      Em televisão, o Ato Um é geralmente o mais longo, e cada ato que se segue tende a ficar progressivamente mais curto. Tudo para ter o seu público preso na sua história logo de cara, de modo que ele aguente sem reclamar os comerciais no final.

      Quando que você tiver escrito até o seu primeiro gancho (veja a INTRODUÇÃO À ESCRITA PARA TV), e estiver pronto para encerrar o seu ato, ESPAÇO TRIPLO para baixo, e centralize as palavras FIM DO PRIMEIRO ATO. Ficará assim:

      formato_tv10

      Depois disso, tabele até o topo da sua página seguinte, e centralize as palavras ATO DOIS. Desça três espaços, e comece o seu próximo ato!

      Você conseguiu! E, se você topar com a estranha situação em que está na dúvida sobre como formatar algo, tente olhar nos recursos do escritor o artigo COMO FORMATAR UM ROTEIRO DE CINEMA. Você também pode postar uma pergunta nos fóruns, ou verificar em um livro de referência comumente utilizado, tal como The Screenwriter’s Bible, de David Trottier.

      Agora que você conhece todos os truques do ofício, o passo final é COMEÇAR A ESCREVER! Divirta-se. Escreva algo terrível, então jogue-o fora e escreva-o novamente. Pode haver um formato correto, mas não existe nenhum processo criativo correto de abordar o seu primeiro roteiro. Mantenha a sua bunda na cadeira, e você ficará espantado com a rapidez com que aquelas páginas serão preenchidas!

      FILME DE TV
      Se você estiver escrevendo um filme de TV, outrora conhecido como "filme da semana" ou MOW [movie of the week], comece lendo a seção acima para formatar DRAMAS. Todas as mesmas regras de formatação se aplicam.

      Os filmes de TV geralmente têm sete ou oito atos, e os primeiros são os mais longos. Enquanto os primeiros atos podem durar até 20 minutos (o que significa 20 páginas), os últimos quatro ou cinco atos podem ser tão curtos quanto 7 a 10 minutos.

      Filmes para a TV podem ser divertidos de escrever, mas com o advento de programas de TV a cabo mais cinematográficos como A Família Soprano, Mad Men e A Escuta, eles desabaram em popularidade. Se você está pensando em escrever um filme de TV, pode simplesmente escrevê-lo como um roteiro de cinema padrão, já que isso vai abrir mais portas para que ele seja lido e (gulp) vendido.

      COMÉDIA DE SITUAÇÃO
      O estilo de formatação das comédias de situação tem se desenvolvido a partir de uma longa tradição de se resistir às normas da escrita cinematográfica e tentar fazer algo bem diferente. Nas décadas de 1940 e 50, os escritores de sitcom também vinham principalmente do teatro, então muitas das idiossincrasias do formato de meia hora são de fato resíduos da dramaturgia. Qualquer que seja o meio pelo qual chegamos até aqui, uma coisa é certa: na página, as sitcoms não se parecem com filmes!

      Antes de começar, reveja a parte 7 da "INTRODUÇÃO À ESCRITA PARA TV", onde afirma-se que programas de meia hora geralmente são estruturados como segue:

        teaser—comercial—Ato I—comercial—Ato II—comercial—tag

      Agora, vamos começar!

      1- Como os roteiros de filmes, as sitcoms são escritas em fonte Courier tamanho 12.

      2- Se você está começando com um TEASER, escreva a palavra "TEASER" no topo da sua primeira página, e centralize-a assim:

      formato_tv11

      3- Em uma sitcom, cada cena é demarcada por uma LETRA, começando com a letra "A". Antes de começar a escrever uma cena, a sua letra de cena precisa ser centralizada no topo de uma nova página. Se ela for a primeira cena de um teaser, uma tag, ou um novo ato, a letra da cena deve ser colocada três linhas abaixo dessa especificação, deste modo:

      formato_tv12

      4- Próximo passo: mova quatro espaços para baixo em sua página, e alinhe à esquerda uma TRANSIÇÃO que nos levará à sua cena. Algumas das transições mais comuns são "FADE IN", "FROM BLACK" e "COLD OPEN". A sua página deverá parecer assim:

      formato_tv13

      5- Dois espaços abaixo da sua transição deve estar o seu primeiro CABEÇALHO DE CENA:

      formato_tv14

      Cabeçalhos são compostos por estes três elementos:

      1. INT. ou EXT. Abreviação de interior e exterior. Se for ambos, como quando um policial bêbado é jogado pela porta do seu bar favorito, você pode escrever INT./EXT.
      2. Localização. Onde a cena ocorre. Estas devem ser curtas, e evite a descrição emotiva. Não é INT. SUPER MANEIRO BAR TEMÁTICO ESPORTIVO DE 1970, apenas INT. BAR. Não se preocupe, haverá espaço para a parte divertida mais tarde.
      3. Hora. Normalmente só DIA ou NOITE, mas também pode ser um momento específico, como 15 h 00 , se for um detalhe importante para o enredo. Não use demarcações como CREPÚSCULO, MANHÃ, MEIA-NOITE, ou MAIS TARDE.

      Cabeçalhos de cena são SUBLINHADOS e estão sempre em MAIÚSCULAS. Normalmente existem dois espaços entre INT./EXT. e LOCALIZAÇÃO e, em seguida, espaço, hífen e espaço entre LOCALIZAÇÃO e HORA.

      Ocasionalmente, você precisará de uma SUBLOCALIZAÇÃO para esclarecer o local. Estes se assemelham:

        INT. COLÉGIO/SALA DO ZELADOR – DIA

      Ou:

        INT. COLÉGIO – SALA DO ZELADOR – DIA

      Um novo cabeçalho é necessário toda vez que você muda de localização, portanto acostume-se em digitá-los!

      6- A seguir vem o seu BLOCO DE AÇÃO. Aqui é onde você pode preencher os detalhes da sua localização e explicar o que seus personagens estão fazendo AGORA. A ação é sempre escrita no tempo presente, e deve ser escrita TODA EM MAIÚSCULAS. É sempre alinhada à esquerda, e fica assim:

      formato_tv15

        Quando um personagem é apresentado pela primeira vez, o seu nome deve ser SUBLINHADO.

        Qualquer ação que descreva o MOVIMENTO de um personagem, seja uma entrada, uma saída, ou um passo moonwalk pelo meio da sala, também deve ser sublinhado:

        formato_tv16

        Tanto quanto possível, tente incluir os nomes de todos os personagens numa cena dentro da primeira frase do seu bloco de ação. Esta é uma norma, mas não uma regra, então sinta-se livre para organizar as suas apresentações como você preferir.

        Às vezes, todos os personagens dentro de uma cena também são listados entre parênteses logo abaixo do cabeçalho. Esta pode ser uma maneira útil de informar ao seu leitor quais membros do elenco estão numa cena. Se você decidir usar este método, deve fazê-lo de forma consistente do começo ao fim do seu roteiro.

        Isso ficaria assim:

        formato_tv17

        Outra tradição que muitos escritores quebram hoje em dia é separar e sublinhar todos os sons e efeitos sonoros numa linha própria, alinhada à esquerda, assim:

          SOM: BATIDA PESADA

        Ou:

          SFX: DEDOS NO QUADRO-NEGRO

        Esta formatação pode ser útil se você quer enfatizar um som especialmente importante, mas em geral você pode apenas sublinhar o seu som dentro de um bloco de ação.

        7- Quase lá! Próxima parada – o diálogo. Sitcoms são todas sobre a conversa. Limite os seus blocos de ação a um mínimo, e tente se concentrar em dizer tudo o que puder através do diálogo e do movimento dos personagens.

        Em comédias de situação, o diálogo é a única parte do roteiro que NÃO é todo em MAIÚSCULAS. Antes que uma pessoa possa falar, você precisa mover dois espaços para baixo a partir da sua última linha de ação, e digitar o nome do personagem 5,6 cm (2,2 polegadas) a partir de sua margem esquerda, assim:

        formato_tv18

        O bloco de diálogo de um personagem deve começar DOIS ESPAÇOS ABAIXO de seu nome, e deve ficar imprensado dentro de uma janela de 2,5 cm (uma polegada) a partir da margem esquerda, a 5 cm (duas polegadas) antes da margem direita. O diálogo deve ter ESPAÇAMENTO DUPLO, deste modo:

        formato_tv19

        Este espaçamento duplo é o motivo das sitcoms tenderem a ter uma média de duas páginas por minuto de tempo de tela, ao invés do habitual um minuto de tempo de tela exigido por outros tipos de roteiros.

        Instruções para os atores de uma sitcom podem ser bem específicas, e devem ser escritas entre parênteses DENTRO do diálogo. Estas também devem ser escritas TODAS EM MAIÚSCULAS, deste modo:

        formato_tv20

        8- Quando você estiver pronto para terminar uma cena, desça dois espaços a partir do último diálogo ou bloco de ação, e alinhe à direita as palavras "FADE OUT" ou "CORTA PARA:", assim:

        formato_tv21

        9- Quando você tiver terminado a sua cena, tabele para baixo até o topo da próxima página em branco, e centralize as palavras "Cena B" no topo da página. Depois disso, formate a sua nova cena tal como fez com a última:

        formato_tv22

        Quando você tiver terminado o seu teaser, desça três espaços após o seu último diálogo ou bloco de ação, e CENTRALIZE as palavras FIM DO TEASER.

        Para começar o seu PRIMEIRO ATO, tabele para baixo até o início da próxima página em branco, e configure-a da mesma forma como você fez o início do seu teaser:

        formato_tv23

        Quando você tiver terminado o ato um, desça três espaços após o seu último diálogo ou bloco de ação, e CENTRALIZE as palavras FIM DO ATO UM.

        É simples assim! Passe para o seu próximo ato e comece de novo! Toda cena sempre começa no topo de uma nova página, e seus ATOS, TEASER e TAG devem sempre terminar com um claro FIM-DO QUE FOR para fechar.

        Isso é tudo o que existe quanto a isso…

        Se você esbarrar na estranha situação em que está inseguro sobre como formatar algo, pode postar uma pergunta nos fóruns, ou verificar em um livro de referência comumente utilizado, tal como The Screenwriter’s Bible, de David Trottier. [N.T.: Este autor escreveu um outro livro só para tirar dúvidas sobre formatação: Dr. Format Answers Your Questions.]

        Agora que você conhece todos os truques do ofício, o último passo é COMEÇAR A ESCREVER! Divirta-se. Escreva algo terrível, então jogue-o fora e escreva-o novamente. Pode haver um formato correto, mas não existe nenhum processo criativo correto de abordar o seu primeiro roteiro. Apenas continue colocando-as na página, uma palavra após a outra, e você ficará surpreso com a rapidez com que todos aqueles espaços de linha dupla se somam em uma primeira versão terminada!

        television (2)

        Observação: Primeiramente, eu fiz as imagens de exemplo deste post de acordo com as indicações de formatação do texto, pulando o número certo de linhas e tal, mas o resultado final ficou tão diferente dos modelos do artigo que apaguei tudo e fiz as imagens todas de novo, tentando ser o mais fiel possível às do site original. Só que o Celtx não cooperou muito nesse sentido; ele não se conformou a esta formatação específica (pode também ter sido culpa da minha incompetência em usá-lo). Se você não tiver o Final Draft ou o Screenwriter para escrever na formatação de TV, vale optar pelo Microsoft Word, apenas dará um pouco mais de trabalho para configurar a formatação inicial.

        E uma ótima escrita televisiva pra você hoje! =)

        4 Comentários

        1. Olá Valéria!
          Claro que eu não deixaria de comentar sobre este post que esperei minha vida toda para ver no dicas de roteiro. Eu amei, simplismente. Não é como um filme, tem mais coisas complicadas.

          Valéria, é realmente muito bom o trabalho que está fazendo aqui no Dicas de roteiro. A cada post, eu me encanto cada vez mais e sinto que estou perto de alcançar meu sonho: Enviar um roteiro para The CW Network.

          Muito obrigado.

          Um abração e uma ótima semana.
          Igor.

          Comentário por Igor — 04/10/2011 @ 22:19

          • Oi, Igor!

            Não há de quê! :D

            E me perdoe pelo atraso absurdo, demorou demais para sair este post, mas fiquei feliz que você tenha gostado!

            E eu estou torcendo para que você realize logo o seu sonho, e que eles amem de paixão o seu roteiro!

            Um abração, obrigada de coração pela força e pela companhia, Igor, e uma ótima semana pra você também! =)
            Valéria Olivetti

            Comentário por valeriaolivetti — 05/10/2011 @ 10:12

        2. Olá Valéria

          Queria te convidar para o London Screenwriters’ Festival 2011, que vai de 28 a 30 de outubro e trará muitos produtores e roteiristas – http://www.londonscreenwritersfestival.com.

          Abraços,
          Monica

          Comentário por Monica — 06/10/2011 @ 08:58

          • Oi, Monica!

            Muito legal essa dica. Se eu estivesse um tantinho mais perto de Londres, não perderia um segundo para me inscrever. Fiquei babando… Adorei! :D

            Um grande abraço e obrigada pela visita e pela dica!
            Valéria Olivetti

            Comentário por valeriaolivetti — 06/10/2011 @ 11:05


        Feed RSS para comentários sobre este post.

        O tema Rubric. Blog no WordPress.com.

        Seguir

        Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

        Junte-se a 1.247 outros seguidores

        %d blogueiros gostam disto: